Mexia e Bava os melhores CEO da Europa

Mexia e Bava foram nomeados como os melhores CEOs da Europa nas actividades energia e telecomunicações. Quem é que nomeou ? Uma daquelas empresas que andam no mercado a ganhar milhões e que há bem pouco tempo nem sequer se aperceberam da crise que batia à porta e que lançou milhões no desemprego e na miséria.

E nada de conversas, chama-se Institutional Investor e é uma “sell side” não dá opiniões, emite leis, não discutíveis, fora de qualquer dúvida e aparecem sempre no momento certo.

Não andamos nós, invejosos, a dizer que eles ganham demasiado? Tens aí a resposta, invejoso!

Continuamos é a pagar a energia e as telecomunicações mais caras da Europa, mas isso não interessa nada!

Comments

  1. Milan Kem-Dera says:

    Estes dois deviam era ser postos a administrar a CP e a TAP. Competência, seria pôr estas a dar lucro. E até já mereciam os prémios com que se abafam agora!

    Competência não é administrar empresas como a PT, a EDP ou a GALP, onde tudo já estava feito e a dar lucro muito antes da chegada deles. Onde, quando o dinheiro falta, basta aumentar os serviços ao consumidor, que não tem alternativa nem competidores.
    Destas, até eu era capaz de administrar por muito menos.

    Competência é pôr a dar lucro as empresas que nunca o deram, como a CP e a TAP, de bastante concorrência e onde não se resolvem os problemas simplesmente aumentando os serviços aos consumidores.
    Aqui é que eu queria ver se eles eram bons!

  2. Luis Moreira says:

    Nem mais Milan, deitam-se em boas camas feitas por outros, sem concorrência, com os preços mais altos. Se são tão bons porque não se convertem em empresários? Meter lá o dinheirinho deles?

Trackbacks


  1. […] This post was mentioned on Twitter by Blogue Aventar. Blogue Aventar said: Mexia e Bava os melhores CEO da Europa: Mexia e Bava foram nomeados como os melhores CEOs da Europa nas actividade… http://bit.ly/dnPmDq […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.