Stop Eólicas em Sortelha

Sortelha faz parte da lista de aldeias históricas criada em 1991 e que inclui núcleos urbanos com fundação anterior à nação portuguesa.
Sortelha também tem (ou tinha em 2001) 579 habitantes.

E pelos vistos daqui a uns tempos poderá ser a freguesia com maior número de geradores eólicos por habitante se forem instalados os 17 ou 18 geradores… na verdade não faço ideia se será o maior número ou não mas imagino que um gerador por cada 31 habitantes seja um número elevado…

Mas a principal questão segundo o blog Vamos Salvar Sortelha é mesmo o impacto que estes equipamentos poderão ter no, talvez único, recurso endógeno da região… a sua paisagem.

Tenho a certeza que neste processo a empresa que quer efectuar esta instalação prestou todos os esclarecimentos à população.
Também tenho a certeza que todos os representantes da JF de Sortelha foram informados de todos os potenciais impactos positivos e negativos que esta opção poderá ter (incluindo financeiros) e os transmitiram aos seus representados… os tais 579 habitantes.
E tenho a certeza que levaram isso em consideração para a sua decisão final.
Tenho a certeza disso porque é assim que costuma funcionar a nossa democracia.

Comments


  1. Devo esclarecer V. Exas. que as afirmações aqui feitas e que se seguem não correspondem à verdade dos factos.

    “Tenho a certeza que neste processo a empresa que quer efectuar esta instalação prestou todos os esclarecimentos à população.
    Também tenho a certeza que todos os representantes da JF de Sortelha foram informados de todos os potenciais impactos positivos e negativos que esta opção poderá ter (incluindo financeiros) e os transmitiram aos seus representados… os tais 579 habitantes.
    E tenho a certeza que levaram isso em consideração para a sua decisão final.”

    Nenhuma destas afirmações é verdadeira!

    E, Sortelha é um património de TODOS! Do MUNDO!


  2. >>Nenhuma destas afirmações é verdadeira!

    não costumo por smiles e afins nos meus textos deixo para quem ler o trabalho de perceber se estou a ser sincero ou sarcástico…


  3. Já percebi 🙂
    obrigado!
    Estou em crer que Sortelha vale mais que 17 eólicas.
    As gerações futuras irão agradecer a preservação deste património que a todos pertence.
    🙂


  4. As gerações futuras irão ficar orgulhosos das gentes de Sortelha porque apoiqram as renovações. A energia éolica será uma mais valia para a linda aldeia de Sortelha.

  5. JOSÉ MANUEL DE CARVALHO BARROS says:

    Parem de destruir Portugal

  6. joão cunha says:

    pois é … quem tem um castelinho, uma boa paisagem, uma aldeia histórica …. sente-se no direito de empurrar para os outros o que não lhes interessa ter perto de casa; gostavam de mandar para a casa dos outros as ventoinhas que produzem a energia que eles consomem, o lixo que eles produzem , a indústria inestética e eventualmente poluente que produz os bens essenciais de que eles usufruem … mas não pode ser assim … não pode haver portugueses a viver em paraísos e outros em lixeiras …. temos de repartir por todos ….

  7. francisco caetano says:

    … não conseguimos deixar de ser um país lindo e foleiro. Parques eólicos sempre (!). Com critério (!), mas critério de quem? da empresa construtora das “ventoinhas? da empresa instaladora? do vereador? do Antonio Mexia?, do 1º?, do sub dele ? do ministro? do ministério? de qual deles? do joão cunha ?(que até tem alguma, pouca, razão e muita inveja do castelinho),… Bom de ver que não faltarão por esse país fora juntazinhas de freguesia, que com seus “presidentezinhos”, muito almejam por uma ou mesmo duas ventoinhazinhas, que calham mesmo bem no patético discurso do ecológicuzinho e, já agora, porque não, na pequena comissãozinha.
    Portugal é um país engraçado que começa “… em Várzea de Abrunhais…”
    Sortelha e a sua envolvente não nos pertencem, são um património demasiado raro e precioso neste país tão maltratado e violado. O progresso, às vezes, é mesmo nada fazer.
    Sortelhas deste país revoltai-vos

  8. villa says:

    Vamos parar com esta estupidez de querer acabar com as eólicas por que é graças a estas eólicas que o conselho do sabugal esta de pé se não fosse estas eólicas estava muita gente nu fundo de desemprego basta ver as contas da C M S eu estou longe de Sortelha mas consigo ver bem uque é bem para o nosso conselho se calhar é melhor meter uma central nuclear sempre será mais ecológico ….
    Quanto aos postos de trabalho estamos na miséria por isso tudo o dinheiro que entra nu concelho é bem vindo parem com esta estupidez

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.