Coitadinha da Micro$oft

Queixa-se a Micro$oft que 42% do software utilizado em Portugal é ilegal, querendo com isso dizer que não foi pago.

Tem bom remédio: o estado, e muito principalmente as escolas, que deixem de utilizar $oftware e adquiram software livre, de código aberto.  Até o PSD já percebeu isso.

O  preço da generalidade dos programas da Micro$oft inclui a amortização dos “prejuízos” pelos que não pagam, o que resulta em custos absurdos. E em má qualidade que ali só o cifrão conta.

Comments

  1. Miguel Andrade says:

    não podemos confiar nos inventores do termo “Pirataria Informática” quando falam de pirataria…
    até porque são os maiores responsáveis pela proliferação da pirataria nos seus programas. Quando um Windows (ou WinBlows, para seguir a mesma nomenclatura do título) anterior saiu para o mercado, uma revista espanhola anunciou que oferecia um demo gratuito.
    Mas aconteceram dois enganos: 1) não era uma demonstração, era a versão completa
    2) não saíram 20.000Exemplares, saíram 100.000.

    Tudo corrigido por um pedido de desculpas ao grande gigante, que esfrega as mão por um motivo muito simples… vicia as pessoas numa tecnologia e assim torna-se mais difícil para as empresas apostar noutro tipo de tecnologias sem gastar em formação…

    sempre a ganhar (eles, claro…)!

  2. zé manel says:

    Os SO da Microsoft são muito caros!
    Acredito que conseguissem reforçar a segurança, mas isso não lhes interessa, porque, como foi dito em cima, as pessoas não ficavam viciadas nos sistemas e migravam para os SO livres.
    Os que usam o SO “pirata” (registado por uma qualquer grande empresa) como eu, usavam outros sistemas…
    Para a microsoft seria igual, o dinheiro que dizem que perdem não o ganhavam. Em Portugal as pessoas não têm 300€ para comprar um SO e mais outros para um Office.
    Nem para comprar jogos, nem filmes, nem programas.
    Se não fosse a pirataria, poucos computadores se vendiam. Para que serviam os computadores? Não havia dinheiro para o SO, nao havia dinheiro para o Office, nao havia dinheiro para comprar um filme, um jogo, nao havia dinheiro para comprar o Winrar, programas para ver DVDS, um programa para gravar cds, nem cds nem DVDs se gravavam, porque nao havia nada para gravar!!!
    Para que servia a banda larga? A fibra optica? Se nao existisse conteudo pirata na net?

    Se nao houvesse pirataria, os que tivessem computadores (das classes baixas, esta claro), so podiam se entreter no copas, espadas.. e a navegar na net…
    O PC nao lhes servia para mais nada. Nao precisavam de grandes processadores, de grandes placas grafiacas, de som…
    etc

Trackbacks

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Blogue Aventar, joao j cardoso. joao j cardoso said: Coitadinha da Micro$oft: Queixa-se a Micro$oft que 42% do software utilizado em Portugal é ilegal, querendo com is… http://bit.ly/9osFCT […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.