Desastre ambiental – 60 000 barris de crude/dia

https://i2.wp.com/magblog.audubon.org/files/magazine/u8/OliviaBouler_pelican.png?resize=334%2C268

O desastre continua, imparável, sem solução à vista. Agora a BP estima que o poço possa derramar 100 000 barris/dia o que contraria as previsões mais optimistas do passado, após as medidas já tomadas!

Entretanto, o Presidente do Concelho de Administração da BP foi a uma regata em que competia o seu iate, Bob, na ilha Whight no sul de Inglaterra, facto aproveitado para uma ataque cerrado da administração Obama. E, a isto ,juntam-se as declarações de um funcionário da estrutura de extração que veio declarar que a Gestão foi informada a tempo e horas que uma das unidades de proteção havia cedido, e não foi substituída como se impunha.

Tudo indica que o desastre foi o resultado da pressa em obter resultados e cortar nos custos, o que dá em desastres e, no caso, no pagamento de 50 mil milhões de dólares de indemnizações, ao longo dos próximos anos. Foi criado um fundo de 20 mil milhões para pagamento imediato às pessaos afectadas pelo desastre. Por estes números  podemos calcular a dimensão do desastre mas tambem a potencialidade destes negócios cuja dimensão coloca em perigo muitos milhares de vidas.

A BP, longe de casa, a destruir o ambiente do Golfo do México!

Comments

  1. António Soares says:

    …E o barril a ficar mais caro…porque, quem fez a m…continuar a gozar…com o povo… pá!!!Vivam os homens da luta,mas somos tão poucos,que até mete nojo.

  2. maria monteiro says:

    Agora deviam-no obrigar a continuar a regata no Golfo do México.

Trackbacks


  1. […] This post was mentioned on Twitter by Blogue Aventar, Cristina Lopes. Cristina Lopes said: RT @aventar: Desastre ambiental – 60 000 barris de crude/dia: O desastre continua, imparável, sem solução à vista. Agora a BP … http://bit.ly/cBB9Te […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.