Gostaria que alguém me desse uma explicação convincente.

1 –  Fizemos, eu e familiares, uma viagem de carro, no mês passado, percorrendo cerca de 4000 quilómetros por Espanha e França, quase exclusivamente por campo e floresta. Não vimos um único incêndio. Achámos que o calor não era muito, e talvez a isso se devesse a inexistência de fogos. No entanto, mal chegámos a Vilar Formoso vimos, de imediato, no horizonte, três focos de incêndio. Pouco depois da Guarda, as notícias davam conta de dezanove incêndios activos em Portugal. Gostaria que alguém me desse uma explicação convincente.

2 – Uns amigos fizeram nos últimos dez dias uma viagem muito semelhante à nossa e viram um único incêndio, de pequenas dimensões. No entanto, as temperaturas eram muito elevadas. Por cá é o que se viu e o que se vê. A continuar assim não vai haver Portugal para arder. E, ainda por cima, os meios galegos ajudam no Minho e os franceses emprestam aviões. Não falando na ajuda que os bombeiros foram buscar a Fátima. Gostaria que alguém me desse uma explicação convincente.

3 – Como é possível que uma coisa chamada ERS (Entidade Reguladora de Saúde) que ninguém sabe para quê e por que foi criada, (presumivelmente para regular as instituições prestadoras de cuidados médicos), mas mais provavelmente para limpar cem euros anuais a cada médico, venha dizer que há cerca de trezentas clínicas ilegais neste país!!! E nada faz, para além de tentar arranjar, sem sucesso, alguma justificação para a sua existência. Toda a gente sabe que há cem, trezentas ou mil, entre clínicas, consultórios e gabinetes a exercer ilegalmente actos médicos, muitos destes sítios sem quaisquer habilitações. Em dois deles, vi eu, nem o nome das especialidades sabiam escrever na placa! Gostaria que alguém me desse uma explicação convincente.

Comments


  1. Lamento não poder ajudar. Não tenhos explicações e muito menos convincentes para os factos apontados. Ah… Talvez… isto é Portugal.


  2. Como não tenho explicações para poder dar, a não ser a que o José Freitas deu, optei por partilhar este excelente post na minha página do facebook. Talvez que apareça por lá alguém, por certo bem iluminado, que nos saiba elucidar.

  3. graças dias says:

    se o sr adão tem sempre explicação para tudo, e nada convincente! quer agora os outros a explicar?


  4. José Freitas, Ah…Talvez seja mesmo isso.
    Obrigado José Magalhães.

  5. inquieto says:

    Caro Adão,

    Vive em Portugal, essa coisa que pede (explicação) não existe. A culpa é do calor e dos incendiários, não é da justiça que tarda a apanhar os incendiários e os liberta a tempo de atearem mais uns foguitos, a culpa nunca é do estado por não limpar as florestas que lhe pertencem, a culpa nunca é do estado por nomear um responsável das operações na serra da Peneda/Gerês um comandante de Lisboa para coordenar as operações (consta que é do gerês de pequenino e conhece aquilo como ninguém) de um fogo que já lavra à uma semana, a culpa não é do estado que lançou um concurso público para comprar não sei quantas viaturas ligeiras, enquanto que os bombeiros andam com viaturas a cair de podres(não confundir com as viaturas da protecção civil).
    Portugal no seu melhor…..


  6. De pleno acordo, amigo inquieto. Só se compreende num país sem honra, sem brio e sem dignidade.

  7. mjrijo says:

    Todos os anos acontece a mesma coisa, e, não sei se é convincente ou não, mas a minha explicação é que os incêndios dão muito dinheiro a ganhar a certas pessoas.
    Parece que para o governo isso é uma coisa menor, ou uma fatalidade a que nos teremos de acostumar.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.