Presidenciais: Querem votar nesta gente?

Votar em Manuel Alegre é votar em quem mais não tem feito, à excepção de uns livros de poesia, senão mamar na teta do Estado. Em 30 anos de democracia, não passou de um Secretário de Estado sofrível e de um Deputado inconsequente, cujas intervenções e movimentações em sentido contrário ao seu Partido mais não foram do que formas de ir realizando o seu próprio caminho político. Aquele mesmo caminho que fez «contra os Partidos» há 4 anos atrás – um caminho que agora o escandaliza.
Mais: votar em Manuel Alegre é votar na gente pouco recomendável que vemos acima (desbotado exemplo) e que constitui o que de pior tem e teve a democracia portuguesa. Querem votar nesta gente?

Comments

  1. graça dias says:

    “Querem votar nesta gente? ” Não,não eu não quero.

  2. C. J. says:

    Exmo. Ricardo Santos Pinto,

    Vamos sabendo como está horrivel a situação do País. Será por culpa dos especuladores financeiros?
    Gostaria que o Sr. Ricardo Santos Pinto desse uma leitura à resolução de conselho de ministros, “Resolução do Conselho de Ministros n.º 101-A/2010. D.R. n.º 249, Suplemento, Série I de 2010-12-27”, para verificarmos quem vai realmente pagar os TGV´s, parcerias P.P., institutos publicos, etc. Sublinho que nesta resolução existem, por exemplo, as seguintes situações: Eliminação da área de projecto no 12.º ano (área não disciplinar correspondente a quatro tempos lectivos), com efeitos a partir do ano lectivo de 2011-2012, Redução de 5000 docentes no ano lectivo de 2010-2011, Redução das equipas do Plano Tecnológico da Educação, Redução da componente lectiva associada ao trabalho nocturno (das actuais 20 horas para as 22 horas) ou seja só é trabalho nocturno a partir das 22 horas. Orientação para eliminar a prática de check-up indiscriminado e de pedido de «exames de rotina» sem fundamento técnico -científico. Disciplinar o consumo de medicamentos em ambulatório hospitalar através da cobrança de um valor no caso de má utilização dos medicamentos, Descomparticipação de todos os medicamentos não sujeitos a receita médica, a partir de 1 de Março de 2011 apenas são comparticipadas receitas prescritas por via electrónica, Acção executiva: criar taxa para pesquisa electrónica das contas bancárias e das bases de dados das finanças e da segurança social, etc.
    Cumprimentos

  3. graça dias says:

    Caro C J, estamos pior do que no tempo do sr de santa comba, mas estes tinhas muitos defeitos,mas os gajos eram homestos e sabiam.


  4. De modo nenhum quero votar nestes senhores. Estes e outros que vieram antes deles são os grandes responsáveis pela falta de credibilidade que existe na política e nos políticos de hoje. É que mentiras atrás de mentiras nunca poderão dar credibilidade, mesmo que no meio existam verdades… a história do Pedro e do Lobo é um conto de fadas ensinada às criancinhas por alguma razão, mas parece que a grande maioria dos políticos nunca ouviu esta história na infância… é pena.
    Pior ainda, a imagem que dão uns tantos que lá estão cujo único objecto é corrupção e roubo ao povo dá-nos a sensação que todos são assim, pois na realidade eles todos sabem do que lá se passa e apesar disso mantêm o status quo. Acabam por ser todos culpados de corrupção passiva. E daqui não passam.
    Não me interessa nada ter governos e presidências assim.
    Os melhores cumprimentos.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.