Quando 2+2 são 4 mais IVA

Vejam-se duas notícias aparentemente desconexas como estas:

E questionemos-nos se a primeira será assim tão surpreendente.

O governo prepara-se para aplicar um imposto sobre outro imposto (chamam-lhe “taxa”… certo!). Essa taxa é já sacada de com um truque manhoso* que é a respectiva inclusão na factura da EDP. E agora estes espertinhos preparam-se para lhe aplicar IVA de 6%.

Para enfatizar o ponto de vista deste post, poderia ser tentado pela adjectivação na linha do “mafiosos”. Mas não o farei. A Máfia defende os seus e o Governo, que é de todos, não me defende (apesar de defender os “seus”).

* Desde quando é que por ser ter electricidade em casa é sinónimo de se ter rádio ou TV? E se tiver duas casas? E se não estiver interessado nos serviços da RTP?

Comments

  1. Dario Silva says:

    Por falar nesse monstro-papão de quantidades enormes de dinheiro, é com apreço e agrado que hoje, uma vez mais, vejo as manhãs da televisão pública a dedicar horas e horas ao “caso” de um cronista português vítima de um crime em Nova Iorque, com direito, desta feita, a entrevistas no cemitério onde as cinzas (parte delas) do malogrado foram depositadas.
    É claro, há muitos portugueses vítimas de crimes violentos em todo o mundo, e há portugueses ilustres que morrem todos os dias; só me interrogo o porquê de a tv paga com o meu dinheiro andar a insistir neste “caso” dias e dias a fio…

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.