Ódios?!

sondagem da Intercampus para PÚBLICO e TVIO spin master da actualidade pretende lançar na arena mediática a ideia de que quem se opõe à sua visão de governação o faz por ódio. Por ódio?! Será que correr para fazer empréstimos a juros exorbitantes para conseguir pagar salários tem algo a ver com ódio? 36.8% dos sondados parecem concordar com esta abordagem. Pois que tenham o que merecem. Só lamento que a minha carteira tenha que contribuir para estes desvairos (como este da Parque Escolar , só para citar um).

Comments

  1. António Fernando Nabais says:

    Nem mais: afinal, há virtudes no ódio. Eu também odeio ter de pagar aquilo que outros gastaram.

    • jorge fliscorno says:

      Quanto a mim, a questão não é ter de pagar aquilo que outros gastam até porque viver em sociedade implica algum colectivismo e obra paga por todos. É antes a racionalidade do uso do dinheiro público e a arbitrariedade na forma como os seus administradores o usam que me preocupa.


  2. Numa percentagem fascinantes, o status quo interessa ser mantido;
    diria mesmo, a uma maioria dos portugueses, a persistência do actual regime de irresponsabilidade e inimputabilidade interessa sobremaneira: mais cedo ou mais tarde, em regime de alterne-ânsia, uns e outros serão beneficiários.

    Posto isto, a gente decente pouco mais resta que a pólvora ou a fuga.

    • jorge fliscorno says:

      Já que o inglês está na moda…

      Remember, remember, the 5th of November
      The gunpowder, treason and plot;


  3. Eu, se calhar erradamente, continuo em negação. Recuso-me a acreditar que os tugas beneficiem o infractor.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.