A coisa promete – já se pede a destituição do Presidente

Está a correr e a grande velocidade uma petição que exige o óbvio!

Dizem os signatários que ” Nas suas recentes declarações enquanto Presidente da República Portuguesa o Sr. Aníbal Cavaco Silva afirma temer que as suas pensões num total acumulado 10.042€ (em 2011), sendo uma delas através do Banco de Portugal a qual não esteve sujeita aos cortes aplicados aos restantes cidadãos da Republica Portuguesa, não sejam suficientes para suportar as suas despesas, estas declarações estão a inundar de estupefacção e incredulidade uma população que viu o mesmo Presidente promulgar um Orçamento de Estado que elimina o 13.º e 14.º meses para os reformados com rendimento mensal de 600 euros”.


Perante tão grande falta de senso e de respeito para com a População Portuguesa, entendem os abaixo-assinados cidadãos que Presidente da República Aníbal António Cavaco Silva, não reúne mais condições nem pode perante tais declarações continuar a representar a população Portuguesa.

Peso isto bem como o medíocre desempenho do Sr. Presidente da República face à sua diminuta intervenção nos assuntos fundamentais e fracturantes da Sociedade Portuguesa, os cidadãos abaixo assinados vêm por este modo transmitir que não se sentem representados, nem para tal reconhecem autoridade ao Sr. Aníbal António Cavaco Silva e pedem a sua imediata demissão do cargo de Presidente da República Portuguesa.
Os signatários

Comments

  1. marai celeste ramos says:

    É para já já já – e já – e o PR pode levar pelo mão, ou ao colo, ou mesmo à força, o primeiro ministro e se forem de topo de gama talvez tenham lugar para D.Maria e alguém para os alegrar – João Jardim + pois que depois destes as Relvas secarão
    E proponho que se vá para a rua CANTAR e que dance quem gosta – que haja FESTA nacional neste tempo Guimaranense – e levem os filhos netos e bisnetos e cães de companhia – aiq que já me esquecia de todos os autarcas que não saiam de livre vontade
    E levam cartazes com as fotografias de Salgueiro Mais e de Zéca e de Adriano Correia de liveira e de Fanhais – nada de palavras de ordem – a imagem vale por mil palavras e se precisarem eu tnho a fotografia de um velho muito velho na avª da Liberdade no dia 1 de maio sozinho encostado a uma árvore, acompanhado do seu cãozinho que, como ele, tinha um cravo na COLEIRA – é a mais bela fotografia do meu 25 abril – que tenho centenas e nunca publiquei

  2. ainda penso says:

    Assino


  3. de qual presidente? do marocas? do eanito el estático? do cabeça de abóbora?

    da cavaca de boliqueime? do cabeça de cenoura?

    é um desses ou outro

    do Marocas nã deve de ser caté tem programa de RTP que lhe agradece e à sua fundação por se dignar dizer umas alarvidades

    o atual ao menos só devita algarviadas…tá com medo que os netos não tenham emprego

    os restantes nunca têm medo e raramente se preocupam…

    daí se vê que este além de péssimo presidente tamém pouco chupou como primeiro

    140 mil no BPN…só conseguiu trocos…até o comuna-mação Magalhães tem casa a 50% na Bahia…e conta de milhão de reais este pobre de christo anda a contar os cobres….

    e só tem um barraco no Algarve…é um triste demita-se

    pode-se pôr no lugar o pateta alegre que tem dívidas mas não são dele

    ou o Marocas qué pra bater o recorde das presidências…e com o bago que tem até pode ser que pague as contas da luz e das criadas em Belém…é duvidoso e até é salazarento pensar fazer coisas dessas


  4. marai celeste ramos em 23/01/2012 ás 00:12 disse:

    É para já já já – e já – tá mais xéxé cu suarez arrepete tutti-fruti

    e o PR pode levar pelo mão, (pelo pulmão?)ou ao colo,(levar no colo?) ou mesmo à força,
    (ou mesmo à bruta? bolas este gosta mesmo de ver sexo gay…

    o primeiro ministro

    e se forem de topo de gama talvez tenham lugar para D.Maria e alguém para os alegrar – João Jardim + pois que depois destes as Relvas secarão…propõe suruba com gerontofilia e necrofilismo na d.Maria I ou II à mistura…

    E proponho (deve andar nas manif’s a propor há lá tanta velha que só visto)
    felizmente os gaijos andam há tantas décadas a queimar neurónios que papam tudo…

    que se vá para a rua CANTAR e que dance quem gosta – que haja FESTA nacional neste tempo Guimaranense – e levem os filhos netos e bisnetos e cães de companhia (ou seja se os bisnetos não visitam comprem um cão para fazer bestialidades ao bicho…)
    – aiq que já me esquecia de todos os autarcas que não saiam de livre vontade

    tem autarca desse? deve ter conta na Suiça…

    E levam cartazes com as fotografias de Salgueiro Mais (e do salgueiro menos e do salgueiro morto? e de Zéca (a zé cá dos cinco?) e de Adriano Correia de liveira (livreira?) e de Fanhais (Fanhões ?) – nada de palavras de ordem – a imagem vale por mil palavras e se precisarem eu tnho a fotografia de um velho muito velho (roubo de identidade?)

    na avª da Liberdade (desde 1858 foi cá uma destas liverdades…quinté (kunta kinté) no dia 1 de maio sozinho (a manif da CGTP tava em Crise?) encostado a uma árvore, acompanhado do seu cãozinho (atão tava sozinho ou a con panhado du chien-kai-cheque da S.S.) que, como ele, tinha um cravo na COLEIRA (quem é que pôs coleira no velho?) – é a mais bela fotografia do meu 25 abril (atão nã era 1ºde Maio? – que tenho centenas e nunca publiquei…felizmente quisto de xéxé andar a publicar já basta o Boxexas e o Carlos da crux

  5. mortalha says:

    este pessoal das petições ainda acredita no pai natal. mas há que entreter com qualquer coisa para livrar do frio!

  6. Observador says:

    Um homem, já não se pode queixar de que não ganha p’rá dose!…

  7. LUICNO DE MOURA GONÇALVES PREZA says:

    Sr. Presidente da República Portuguesa: com o devido respeito me dirijo a V.Exa. por ser o PR a quem, devo respeito institucional. Quanto às suas palavras sobre as suas reformas tenho a lamentar a sua ousadia em dizer que as mesmas não chegam para pagar, mais tarde, as suas obrigações de um simples cidadão comum. Sr. PR: que direi eu que combati durante18 meses( num total de 2 anos) no Norte de Angola como comando, tendo sido apanhado por uma mina na tomada de Madimba com consequências no meu corpo partindo costelas e clavículas e somente pela graça de Deus não perdi a vida. Deixei os meus estudos e, consequentemente a minha licenciatura em engenharia para mais tarde para servir a Pátria por obrigação e, a consequência mais grave que hoje me aflige, é ter perdido a vista esquerda, a tensão arterial sempre elevada e más noites por vezes passo. Tenho um cartão de controlo da Ass. dos Dificientes das Forças Armadas, com o nº. de prº. 1279-P sem benefícios de espécie alguma. Melhor explicando: para quê que o mesmo me serve? Para nada sr PR. Ao fim do ano aufiro um complemento de combate de 100€ e nada mais. Esses anos que andei, não sei para que fim, a lutar por uma causa justa dos meus conterrâneos angolanos,nem sequer me contaram para a reforma pedindo-me, sem escrúpulos que se quizesse que os mesmos fossem contados teria que pagar cerca de 2 mil contos. Dei o corpo ao manifesto e a lei da Segurança social ainda por cima me queria esturquir aquela verba? Será que em Portugal tem que se ser muito grande e obediente aos “lobbies” para se fazer toda a espécie de patifarias para se ter boas reformas? Licenciado em engenharia, tive que me reformar por invalidez motivado por doenças do foro neurológico contraído em Angola e, também, por falta de visão. Sabe qual é a minha reforma Sr. PR?… Não chega a 900€ /mês. Fiquei muito indignado pelas palavras proferidas por V.Exa. em Guimarâes ao dizer que o conjunto das suas reformas quando deixar a P. da Republica não dão para as despesas quotidanas. Sr PR: seria mais sensato olhar mais para as reformas dos seus compatriotas e, debruçar-se mais sobre os problemas dos portugueses e deixar de olhar e preocupar-se mais com o seu umbigo. Para terminar aqui lhe deixo um repto: porventura quererá V.Exa. trocar a minha reforma com a sua?.. Aí é que teria toda a razão do mundo para se lamuriar. Somente a renda de casa tem o custo de 400€/mês e, como diz o povo, “fora as ameaças”: comer, pagar a empregada, luz, água, televisão e gasolina. Trabalhe mais para a Nação e em especial para os portugueses e, contente-se com quanto ganha por ser PR e com o que ganhou com a venda das suas acções, no BPN.

  8. O Rural says:

    Deve é fazer-se um abaixo assinado de apoio.

    Isto de um político pôr cá fora tudo o que ganha, deve ser daqui para a frente exemplo para todos os políticos presentes passados e futuros.

    Viva o Cavaco e a sua coragem!


  9. Os políticos titulares de cargos públicos têm que publicar os seus rendimentos.
    Era da melhor higiene que TODOS os contribuintes tivessem as suas declarações acessíveis para quem, por alguma razão, quisesse consultar. Não é o mesmo que publicitadas, atenção! É assim no Norte da Europa.
    Evitava, por outro lado, que tivéssemos todos que andar a pedir certidões nas finanças para mostrar na escola, na S.Social ou (recentemente) tirar o passe.
    Quem teme a transparência, e porquê?

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.