Silêncios da DREN que incomodam – violência sobre Professores

Sou do tempo em que um Professor, de seu nome, João Grancho criou a linha S.O.S. Professor. Dizia-se na altura que “em parceria com a Universidade Lusófona do Porto e a Liberty Seguros,” a linha telefónica SOS Professor deveria servir de “apoio a docentes vítimas de agressão e indisciplina.

João Grancho

João Grancho

Sou também do tempo em que o mesmo Professor, João Grancho, exigia que o Ministério da Educação saísse à praça dizendo de sua justiça perante mais uma caso de violência contra docentes.

Podemos facilmente verificar o quanto o sr. Professor João Grancho tem em atenção esta temática.

Estamos, até por isso, todos muito curiosos por ver o que vai fazer o Sr. Professor João Grancho, agora Diretor Regional de Educação do Norte perante mais um caso de violência, desta vez, aqui em Vila Nova de Gaia.

Diz-se no site da A.N.P. que a linha fechou. Será que perante tal competência a encerrar coisas, o Ministro Nuno Crato convidou o sr. Professor João Grancho para fechar a DREN? Ou será que foi para a DREN porque é militante do PSD? Tal como são os seus adjuntos (PSD e CDS).

E o que dirá o Sr. Professor João Grancho sobre esta agressão, agora divulgada?

Comments

  1. Bruno says:

    Tenho uma opinião bem formada, fundamentada, mas que éticamente os meus colegas e outros não gostaram de ler. As melhoras a um colega, que já não devia estar a ensinar vândalos e futuros parasitas da sociedade.

Trackbacks

  1. […] ser o lema de quem não quer dar […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.