Passos Coelho acusa excesso de testosterona

Depois de discursar perante uma plateia constituída por militantes do PSD, Passos Coelho terá acusado uma dose de testosterona excessiva, o que o levou a confessar, corajosamente, que fará tudo o que as instâncias internacionais mandarem. Segundo amigos de infância, era habitual, nas brincadeiras de rua, revelar uma coragem fora do comum, chegando a meter golos na própria baliza, sempre que era ameaçado pelos adversários. Na sua relação com Angela Merkel, continua a revelar o mesmo carácter indómito, não hesitando em prometer obediência ainda antes de lhe ser dada alguma ordem.

Entretanto, o Aventar soube que houve um problema com os microfones na sessão de ontem, o que impediu os presentes de ouvir a totalidade do discurso. Na realidade, a dada altura, Passos Coelho afirmou “Vamos cumprir, custe o que custar. E custa, custa muito…” Só os mais próximos puderam ouvir “… aos pensionistas, aos funcionários públicos e às classes média e baixa, de uma maneira geral.”

Comments


  1. Texto digno do http://imprensafalsa.com/
    Se não fosse tão triste e tão verdadeiro, chegava a ser cómico.

  2. josé augusto vilela de belo redondo says:

    Passos C. não tem coragem (se alguma vez teve). Tem, isso sim, DESPUDOR e DESCARAMENTO

  3. kalidas says:

    Iluminado por uma hierofania do Tróiku — algo que não se vê, não se apalpa, mas tem cheiro — vive, como é evidente, um momento de profunda beatitude estético- táctico- olfactivo.


  4. Que passos hei-de dar para me livrar deste Passos!!!

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.