Identificadores para manifes

Roupinha ligeira para manifestantes e pessoal que não se manifestando leva na mesma. Ideal para a temporada primavera/verão. Modelos aprovados pela Polícia de Segurança Pública.

Roubado no Facebook ao Paulo Rodrigues

Comments

  1. patriotaeliberal says:

    Falta aqui uma T-shirt, vai desculpar-me.

    Há pouco pareceu-me ouvir uma declaração de João Proença , afirmando que nenhum sindicato
    da UGT tinha aderido à greve de 23.

    Mais afirmou, dizendo que os trabalhadores não aderiram, que a greve foi um fiasco.

    Ainda perguntei à minha esposa (ela é que gosta de telejornais e de congressos partidários aos fins de semana) se não seria o Ferraz da Costa que estava a falar.

    Não era.

    Bom, assim sendo, a minha proposta é uma T-shirt a dizer….

    Foi-se-me a inspiração e esqueci-me do que ia a escrever. Talvez mais logo me lembre.

    Desculpe.


  2. Falta a de jovem casal com filhos.


  3. Outras T-shirts possíveis:
    “Perigoso agitador”
    “Não estou em greve, estou desempregado”
    “Quinhenteurista”
    “Transeunte”
    “Polícia infiltrado”
    “Nunca tive contrato de trabalho”

    Finalmente uma greve é discutida como deve ser, pelos incidentes que ocorreram. Já estou farto de ouvir “balanços” de quantos não trabalharam, quantas carreiras e metros circularam, quantos comboios pararam, etc. Isso não interessa nada a ninguém, o que importa é que as pessoas protestam na rua, e agora que soluções lhes serão apresentadas?
    Que saídas serão apontadas?

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.