Ribeiro e Castro parte louça no Caldas


Não andarão a precisar de fosfoglutina lá pelo do Largo do Caldas? O Sr. Diogo Feio está irritado, dizendo que Ribeiro e Castro vota ao lado do sinapismo Louçã e de Jerónimo de Sousa. Em suma, faz de conta não perceber o porquê da posição do colega de bancada. A verdade é que toda a questão anda em torno da escabrosa eliminação do feriado do 1º de Dezembro e isto, com o formal apoio de um Partido maioritariamente composto por monárquicos. Bem pode a direcção Paulo Portas tentar passar entre os pingos da chuva, mas esta é a verdade. Se duvidam, auscultem as bases do Partido e verão. O Público também diz que que uma fonte próxima de Paulo Portas garante que …”Ribeiro e Castro ficará a falar sozinho”. Não estão a ver bem o problema, pois no Parlamento existem muitos outros deputados de outros Partidos que ainda não obedecem a esta nova roupagem de “centralismo democrático” do PC(DS). Ribeiro e Castro não vacilará e sugere um veto de Belém. Duvidamos muito do interesse que ACS poderá manifestar quanto a este assunto, mas um veto pode acontecer, ou melhor, deveria forçosamente acontecer. O deputado também poderia ir mais longe – e provocar ainda mais banzé -, propondo trocar a abolição do feriado do 1º de Dezembro – uma data de facto histórica -, pelo vaudeville oitocentista do 10 de Junho, uma invencionisse consagrada por uns tantos berreiros em 1880 e habilmente aproveitada pela República de Salazar.

Uma vez mais, vamos direitos ao assunto: esta eliminação de feriados nada mais é, senão um esfarrapado recurso que obrigará a mais uns quatro dias de trabalho grátis. Como se a esmagadora maioria da “iniciativa privada” que medra à conta do Estado, merecesse a mínima consideração. Ora toma!

Comments

  1. maria celeste ramos says:

    Acabem mas é com o 25 dezembro pois que o tratado de Lisboa não diz que somos de origem judaico-cristã e certamente que já poucos vão à missa do Galo pois outro galo canta – acabem com todos os feriados um anos para ver se de facto os FP produzem mais para os governantes roubarem mais incluindo os inuteis deputados – deitem-nos TODOS fora – para o lixo – ou mandem-nos trabalhar – ou tirem-lhe o cartão de crédito – ou que não recebam um mês tudo o que rtoubam – experimentem –

  2. palavrossavrvs says:

    Apoiadíssimo.

  3. grates ille tibi vellet persolvere dignas. says:

    quos voluit pueris premia parva, dari….

  4. grates ille tibi vellet persolvere dignas. says:

    desine tam nimia decembris mensis tu laude extollere amicum…uno uno putocale alé alé…

  5. grates ille tibi vellet persolvere dignas. says:

    haec tantum (verde) dicas: 1 verbum nom amplius addas VIII dilaceranda XII

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.