Em nome dos elefantes, os meus estimados votos de pioras

O rei Juan Carlos de Espanha foi submetido a uma intervenção cirúrgica, na última madrugada, em Madrid, depois de ter fracturado a anca numa queda durante uma expedição de caça no Botswana.

Comments


  1. Pois é, ser rei nunca foi, nem nunca será, sinónimo de inteligência ou de consciência global! Não chega esse senhor aos “pés” do elefante que chacinou!


  2. Ao que parece este tipo também mata ursos bêbados!

  3. Maquiavel says:

    Que coragem! Estupor…

  4. Lucino Preza says:

    JJC: Mais uma vez, ao seu encontro. A caça aos elefantes, riconcerontes, gazelas de Tompsom, pantera negra e demais espécies em via de extinção,, é expressamente proíbido, a sua caça. Diz quem sabe porque, natural de Angola e vindo estudar para Portugal aos 6 anos de idade, ía passar férias a minha terra, tal como em Portugal os alunos mais distantes de suas casas, aproveitavam para ir para as suas cidades, aldeias ou vilas.A isto que sucedeu ao rei de espanha, deveria acontecer o que aconteceu a uns amigos meus que, a revelia, foram caçar elefantes. Só que tiveram uma sorte do demónio pois, ao utilizarem balas de explosão interna, para quem não saiba, digo que ao embater no animal em causa, esta deflagra no seu interior provocando, a morte. Mas, é preciso saber onde meter a bala pois, o animal pode ficar , com a sua vitalidade adormecida e, o caçador julgando que o matou, sofre uma valente carga do animal em causa. Foram (eram 3) todos mortos pelo elefante e a *carrinha*, completamente destruída pelo animal em fúria pois, quando os outros 2 íam a fugir, a carrinha ou o cagaço os impediu de se porem a milhas. Era isto que deveria acontecer com o rei de Espanha pois, como qualquer cidadão sabe, é expressamente caçar em parks ou reservas.
    A fotografia que aqui expõe somente demonstra a insensibilidade de quem não faz parte de quem está pugnando pela espécies protegidas.

  5. xico says:

    Independentemente de ser o rei ou não, custa-me ver caçar bicho tão magnífico. Agora dizer como o Lucino Preza que o senhor cometeu uma ilegalidade porque é proibido caçar elefantes é que é de cabo de esquadra. A caça grossa, e aos elefantes, é regulamentada, legal e permitida em muitos países africanos e constitui uma mais valia para muitos dos seus governos. E não estou a defender a moralidade ou imoralidade da coisa.

  6. xico says:

    Para o Lucino Preza
    tirado da wikipedia:”
    Os próprios elefantes têm poucos predadores naturais além do homem (ocasionalmente os leões). No entanto, muitos governos africanos permitem legalmente a caça limitada. A grande quantidade de dinheiro que é cobrada para as licenças necessárias é frequentemente utilizada para apoiar os esforços de conservação, e o pequeno número de licenças emitidas (geralmente para animais mais velhos) garante que as populações não sejam esgotadas

  7. Lucino Preza says:

    Nada me diz a Wikepedia… Sei que muitos dos soberanos de países menos desenvolvidos, passam licenças ilegítimas para a caça grossa onde, infelizmente, estão os elefantes e os rinoncerontes. Esses desatinados chefes do governo somente querem enriquecer à custa desses soberbos e pachorrrentos animais para, com o produto das licenças, engordarem as off-shores para que no dia das suas destituições, caso não sejam mortos, terem com que sobreviverem com as respectivas mulheres, no exílio.
    A corrupção e a falta de honra nos tratados assinados para que haja uma defesa contra a vida animal, cai sempre por terra porque, os ´dolares ou os euros, falam mais alto.
    Amigo e senhor Xico: fala-me na wikipedia que nada me diz… eu estou a falar com conhecimento de causa, mas não deixo de lhe dar razão pelos motivos atrás mencionados. O dinheiro das licenças cobrem muitas dificuldades não só no que consernae ao País que as emana como, aos seus soberanos.
    Se querem afrodisíacos para manterem relações sexuais. porque não utilizam os produtos químicos que existem no mercado, tais como o viagra, o cials ou aos asteróides?… Preferem fazer uma grande matança aos pachorrentos rinoncerontes porque, os seus (deles) cornos têm o mesmo efeito… O que me diz do pau de Cabinda… respondo-lhe eu: são autênticos fitiches e, o poder está na hipófise e não nos cornos desses admiráveis e inteligentes animais.
    O rei de Espanha não foi de moto próprio a essa caçada… Quanto não deveria ter custado ao erário público (ao povo) espanhol, em tempo de crise, tal licença?
    Estes inteligentes animais têm a perfeita noção de quanto durará a sua liagação ao *harém* ( conjunto de fêmeas)… mais tarde aparece o macho *varão* que o desafia para que o mesmo tome conta das suas *meninas*… Caso perca a batalha com o mocito, o elefante até aí o chefe, abandona a sua procriação, isola-se até que, sem vontade para nada, morre. Quando a sua morte é denunciada, o *harém e a sua prol, jamais deixarão de lhe prestar as ùltimas homenagens.

  8. Lucino Preza says:

    Amigo e senhor Xico:
    Conservação?… Qual conservação?…. Sabe por ventura o que é uma imensa savana ou um plateau? Mas alguma vez estes seres precisam da mão do homem para arranjarem comida ou *milongos (remédios)* para se curarem das suas efermidades?…
    Os elefantes em vida não têm predadores senão, a injustiça, a ganância e a irracionalidade do `bicho* homem.
    Somente depois da sua (dele) morte é que aparecem as hienas e os mabecos que começam pela barriga por ser uma das partes mais frágeis dos elefantes. Sabe o que é um MABECO? Se matar um mabeco por estar em apuros porque, eles somente atacam em grandes matilhas, sabe o que acontece ao abatido?… Pode ser que wikipedia lhe ensine.
    Tal como o homem, os animais selvagens têm o seu ciclo reprodutivo
    e de vida. Tal como o leão, este sabe quando deve abandonar a sua família embora, tanbém haja uma pleja entre o que era chefe e o novato.
    Portanto, não é necessário fazer uma distinção etária pela mão do homem porque, ao verem-se desamparados, acabam por morrer e os seus restos abocanhados pelos predadores.
    Destes animais em questão constitui a fauna do meu distrito. Assisti a muita coisa de tudo quanto estou falando. Mais: os poderosos morrem durante a noite e, os seus gritos de agonia, ressoa por muitos Kms..

  9. xico says:

    Caro e amigo Lucino Preza
    Não me trate por senhor que não sou dono de ninguém. O meu amigo defende os elefantes e o seu direito de não serem caçados. Até posso estar consigo nessa luta. Mas não foi isso que discutíamos. Comentei a sua observação sobre a suposta ilegalidade cometida pelo rei de Espanha. Como sabe, algo é legal ou ilegal por vontade dos homens e da legislação que produzem. Por esse facto o rei não cometeu nenhuma ilegalidade. Não confunda legalidade com moralidade. São coisas diferentes embora possam coincidir, às vezes.
    Se utilizei a wikipedia foi somente para fundamentar a questão da legalidade. Também nasci em África e vi elefantes no seu habitat natural. Nunca os cacei nem seria capaz.
    Um abraço.


  10. Pois, eu também estou pasmada. Além de tudo, não sabia que ainda se podiam praticar estes tipos de caça…

  11. maria says:

    Bicho nojento esse rei. A pqp!

  12. odair cardoso says:

    esse rei filhadaputa devia enfia o cano da espingarda no trololó e apertar o gatilho , to de saco cheio dessas coisas .
    vai pro inferno diabo !!!!

  13. Afonso Jorge says:

    Ficou esclarecido que os vermes mais repugnantes também podem ser reis.

  14. Maquiavel says:

    Ainda estou à espera do comentário dos monárquicos de serviço, especialmente do Castelo-Branco, sobre a suposta superioridade moral dos reizinhos em geral e a deste em particular.

    AH, já sei, as monarquias afinal säo diferentes e tal, e a Monarquia näo fica afectada pelas acçöes do Rei e tal…

  15. Lucino Preza says:

    Amigo Xico:
    Acha que um rei não sabe pelos poderes protocolares se deve ou não matar uma espéie em vias de extinção?… Por acaso o meu amigo Xico associou-se a um link que está a correr o Mundo inteiro para a devida proteção dos rinoncerontes em toda a Árica?….O elefante, também, é um paquiderme em vias de extinção por isso, ser legal ou ilegal, o rei Juan Carlos antes de praticar acto tão vil como o demontra a fotografia, deveria recordar ( mal comarado evidentemente) a guerra civil espanhola onde,foram cometidos de atrocidades e morte, muitos inocentes… Para onde fugiu o rei Juan Carlos?… Para Portugal. Por acaso conhece a cidade de Santander?… Existe uma cruz que significa a morte de muitos inocentes… Sabe porquê?… Mal comparando, sucedeu o mesmo aquilo que o rei Juan Carlos fez ao inocente elefante… Quando os seus conterrâneos eram apanhados pelos franquistas, diziam: “tu quieres morir connostras balas ou ante la escarpa”..Na maré baixa, como a fé nunca é posta de lado e como não sabiam se maré estava baixa, acabavam por atirarem-se ao “pseudo” mar e acabariam por estoirar com os miolos, nos grandes maciços rochojos.
    Já viu, mesmo em Portugal as coisas serem feitas dentro da llegalidade?…. Repare amigo meu o que estão a fazer com as reformas antecipadas, com todos os subsídios, iVAS e com a sistemática súbida dos componentes petrolíferos?… Nada no Mundo é legal quando, é para preservar o “ego” de cada governante.
    Está contente com as deliberações do bancário Paulo Macedo, sobre a saúde e taxas moderadoras?
    Estamos, mal comparando, sobre o tema da legalidade ou ilegalidade… Um cidadão deve saber com que linhas se cose , o Juan Carlos, sabia para o que ia, mas como a sua saúde esta cada vez pior, arranjou uma “carabina” (se foi ele a bater o elefante, o que duvido) para transformar em bengala…. Se calhar foi para meter medo ao novo governo que a dias foi empossado.


  16. Antes que acabem os elefantes, que desapareçam primeiro os reis iguais a este.
    Nada justifica a morte deste imponente animal que venceu até aquele momento.
    Por mim, acabou esta personagem.

  17. Maquiavel says:

    Além do mais, para mostrar o quäo dedicado é aos seus súbditos, na mesma altura em que o país se vê a braços com 20% de desemprego (pelo menos), cortes de 10 milhöes de € nos serviços públicos (e aumento das suvençöes à igreja de, imaginem, 10 milhöes de €) e ameaças de bancarrota, que faz o Rei? Vai para o safari.
    Obrigado JC1 por este serviço prestado à Causa Republicana, ainda mais feito à volta do 14 de Abril!


  18. Quem prestou esse inestimável serviço foi o próprio Juan Carlos (a coisa aqui na vizinhança está a despertar o espírito republicano, e de que maneira, com o PSOE dividido e tudo).
    Não é novidade nenhuma. O Carlos de Bragança, outro emérito assassino de animais, que misturava com à caça às meninas e os pedidos de adiantamentos à fazenda pública, fez o mesmo no seu tempo. Mais tarde ou mais tarde demonstram sempre a decadência de que são feitos (que diabo, é biológico: aquilo é muito casamento consanguíneo).

  19. Maquiavel says:

    Sim, eu sei. Tu é o JJC, ele é o JC1! 😀

  20. MAGRIÇO says:

    Este Juan Carlos personifica o que de pior têm as monarquias: arrogância, complexo de superioridade mesquinha (são conhecidas algumas reacções bastante vulgares para quem se julga superior, como o célebre “por que não te calas” ou uma foto em que, com muito pouca “majestade”, ele estende o dedo médio como um vulgar carroceiro da idade média), completa falta de sensibilidade (não conheço nenhum monárquico que não seja apaixonado pela tauromaquia e pela caça como desporto). Mesmo não tendo especial agrado pela maledicência, os relatos contínuos e persistentes de desvios comportamentais da vida privada desta personagem, não nos permitem olhá-la sem alguma desconfiança. Para quem defende uma superioridade hierárquica – como Hitler defendia a superioridade racial – alguns monárquicos são demasiado primários e agarrados a dogmas ultrapassados, com os quais as sociedades modernas já não se identificam.

  21. Maria de Fátima Bizarro says:

    Pois é, segundo as notícias, o neto deu um tiro no pé. O avô deu um tiro nos dois. Com a bacia partida, provavelmente não vai muito longe.

  22. MMatos says:

    Quem foi que matou a tiro o irmão mais velho que seria agora rei da espanha? quem foi? quem foi? nem assim o cabrão percebeu que não se brica com armas, puta que o pariu!

  23. LUCINO DE MOURA PREZA says:

    Tendo seguido ávidamente as notícias sobre a irracionalidade e do sanguinário rey espanhol, e , tendo lido a World Wildlife Fund através do blog do João Paulo(WWF), fiquei completamente pasmado e desiderato quando vim a saber que aquela “avantesma” era membro honorário da WWF. Ao que se sabe, pagou pela morte de um ser muito dócil e pachorrento quando não se metem com eles, seguido de fêmeas e pequenotes a quantia de 30000 Euros. É incrível.
    Não está, aqui, agora, se se trata duma elegalidade ou não por ter pago aquela quantia que, ao câmbio das moedas desses países dirigidos por amorais, sem escrúpulos, vejam quanto ele não transformará essa soma numa boa reforma ou devido a idade ou por, ser obrigado a exilar-se.
    Deveria ter mais respeito pela vida dos animais selvagens e pela conservação da natureza.
    Mais respeito pela morte de muitos elefantes como regista o articulista da WWF por ser , membro honorário daquela organização mundial que é constituída por mais de 5.000.000 biólogos,amigos dos animais e dos vários extratos da sociedade mundial.
    É uma tristeza inqualificável…
    Este rey não está nos seus plenos poderes racionais.
    O povo deveria depô-lo o mais rápidamente possível.


  24. É UM MUNDO ONDE SATANÁS VENCEU!

Trackbacks


  1. […] José Cardoso, no Aventar, April 14, 2012 at 03:00PM Partilhe:Gostar disto:GostoBe the first to like this […]


  2. […] quem é que por estes lados não pode ouvir tal palavra? quem será… com um Bourbon idiota aqui ao lado (passe o pleonasmo) e o Anders Behring Breivik mais ao longe, palpita-me que a nossa […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.