A saudação de Breivik

Começou o julgamento público e como é óbvio o menino debita propaganda. Normal em democracia.

Primeiro número: a saudação. A nossa extrema-direita (e um ceguinho no Público) ao ver um punho fechado tenta sacudir a água do seu encharcado capote e afasta a ideia de que se trate da sua forma muito típica de estender o braço. Convêm observar que a pata se deslocou em primeiro lugar ao peito, e repetiu a saudação romana. Nuances em relação ao original sempre as houve.

Segundo número: não reconhece autoridade ao tribunal porque este recebeu o seu mandato de partidos que apoiam o multiculturalismo.

Ora quem é que por estes lados não pode ouvir tal palavra? quem será… com um Bourbon idiota aqui ao lado (passe o pleonasmo) e o Anders Behring Breivik mais ao longe, palpita-me que a nossa extrema-direita ou inventa uma manobra de diversão ou vai andar muito caladinha nos próximos tempos.

Comments

  1. Maquiavel says:

    E quem te disse que “o ceguinho do Público” não é da extrema-direita?
    Público: a Fox News portuguesa.

  2. antonio oliveira says:

    Atentos, venerandos e obrigados.

  3. Camarada Álvaro C., says:

    O camarada deve ter-se esquecido dos desfiles do 1º de Maio na praça vermelha.
    O camarada está ….xéxé


  4. Realmente também não percebo porque é que a extrema direita (ou outro extremismo qualquer) tem de “andar muito caladinha nos próximos tempos”… O Breivik não era filiado em qualquer grupo que agora tivesse de andar “embaraçado” com o sucedido. E como sabemos, o grupo dele, o dos psicopatas, não se embaraça facilmente…
    Preocupa-me no entanto quando se afirma que “o menino debita propaganda. Normal em democracia”… Ao que parece, para o autor, a permissividade democrática é prejudicial. Outros já pensaram o mesmo… Os “camaradas” Hitler e Estaline entendiam desse assunto…

  5. Bruno says:

    Mas existe extrema-direita em Portugal?! Se existe, digam-me onde, quem são eles, quantos votos têm em eleições, e quantos deles aquecem banco em São Bento, porque fiquei confuso.


  6. Respondo-lhe com outra pergunta: existe extrema-esquerda em Portugal?! Se existe, digam-me onde, quem são eles, quantos votos têm em eleições, e quantos deles aquecem banco em São Bento, porque fiquei confuso.

  7. Observatório da Esquerda Fracturante says:

    Parece tratar-se da saudação Nacional Bolchevique, ideologia que conjuga aspectos do comunismo e do nacional socialismo:

    http://www.youtube.com/watch?v=6fUpi1Pg_fY

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Nacional-bolchevismo

    http://onesidedconversations.files.wordpress.com/2010/07/nhpchick.jpg

    http://euskalherria.indymedia.org/eu/2005/01/18712.shtml

    Os Nacional-Bolcheviques identificam-se, entre várias outras referencias, com alguns dos principios expostos por Stalin no conhecido texto “A Questão Nacional Na URSS”….onde se tenta responder à pergunta “O que é uma Nação?”

    http://www.marxists.org/reference/archive/stalin/works/1913/03.htm


  8. Diria eu nacional-estalinismo. Faz sentido, o pulha é culto no seu ramo e ganhou o dia com a confusão que criou. Obrigado pelo seu esclarecimento, neste complexo mundo da iconografia fascista.

  9. Zuruspa says:

    JJC, näo ligues ao Observatório. É conhecido pelos leitores do Arrastäo como mais um agente provocador da direita serôdia e “lançador de poeira para os olhos”, se me faço entender. Como por isto se vê.

    Neste caso anda desde o início a tentar colar o gesto do Monstro de Oslo à esquerda. E com a “tal” foto no Público, só faltou dizer directamente que o Monstro (que jurou por escrito “morte a todos os marxistas”) era comunista. Patético.
    Fui eu que lhe lancei o repto de tentar explicar a saudaçäo neonazi vista claramente no vídeo aqui publicado. Daí ele seguiu o enlace e tenta prosseguir a sua cruzada (mais um) de desinformaçäo, näo conseguindo disfarçar o seu fascínio pelo Monstro de Oslo.
    Os “nacional-estalinistas” säo a forma russa de neonazismo. Quem tem olhos de ver percebe logo pela bandeira, vermelha com círculo branco central e o emblema em preto, é o elo comum a todas as organizaçöes neonazis. Näo lhe agradeças o “esclarecimento”, que é apenas “poeira para os olhos”.

    Em resumo, a ele e aos Insurgentes e demais direitistas retrógrados custa muito que um cristäo branquinho como a cal da parede seja um terrorista. Näo porque o condenem (que nunca o fizeram), mas porque dá mau aspecto à Direita, afinal terrorismo é coisa de esquerdistas e muçulmanos.
    É a diferença para a Direita nórdica (que é democrática), que veio logo condenar o acto de terrorismo. E que sabe muito bem que aquela saudaçäo é comum entre a extrema-direita, que eles abominam.

  10. Observatório da Esquerda Fracturante says:

    Este Zuruspa não pesca muito deste assunto do nacional bolshevismo. Os Nacional Bolcheviques integram o grupo politico de Garry Kasparov, o antigo campeão sovietico de xadrez e antigo militante/dirigente do Partido Comunista Sovietico:

    http://en.wikipedia.org/wiki/Garry_Kasparov

    The Other Russia opposition movement, which unites the National Bolsheviks with groups such as former chess champion Garry Kasparov’s United Civil Front.

    http://larussophobe.wordpress.com/2008/04/09/national-bolsheviks-give-kremlin-the-business/

    Está aqui o programa politico do movimento de Kasparov

    http://en.wikipedia.org/wiki/United_Civil_Front

    O Kasparov não será já propriamente comunista, mas daí a ser nazi….existem grupos nazis na Russia, separados dos Nacional Bolcheviques. O Breivik tambem não será propriamente nacional bolchevique, mas pode ter sido influenciado por algumas das ideias desse movimento que, tendo inspiração estalinista (entre outras), presumo que se pudesse não daria um destino muito agradavel aos marxistas….trotskystas!

  11. Maquiavel says:

    Alguém que vá dizer ao Kasparov que ele foi “dirigente do Partido Comunista Sovietico”[sic], que ele nunca o soube. Devia ser porque passava os dias a jogar xadrez. Mas esta gente enxerga-se? (pergunta retórica)

  12. Observatório da Esquerda Fracturante says:

    Neste video Nacional bolchevique é feita a separação das águas entre marxistas estalinistas e trotskystas anti racialistas, sendo feita referencia ás posições “racistas” de marx e engels como contraponto ao anti racismo trotskysta:

  13. Observatório da Esquerda Fracturante says:

    #11 Tem razão. Era o Anatoly Karpov, o grande opositor de Kasparov no xadrez, que era o militante/dirigente comunista.

  14. Observatório da Esquerda Fracturante says:

    Este grupo, comunista ortodoxo, está coligado com os Nacional Bolcheviques no movimento mais amplo do Kasparov:

    http://en.wikipedia.org/wiki/Vanguard_of_Red_Youth

  15. Zuruspa says:

    O Observatório Fracturado, junto com o JMF e demais alucinados, podem criar uma página no Facebook “Breivik afinal é de esquerda”. Mas façam-no em inglês ou norueguês, para o Monstro de Oslo perceber.
    É que assim ele lê, ainda se convence que é verdade, e em seguida suicida-se, dado o seu ódio a tudo o que seja esquerda (igual ao do Observatório Fracturado, JMF e demais alucinados). E acabava-se de vez com a peçonha!

  16. maria oliveira says:

    REalmente a saudação foi igual ao do juramento de bandeira dos paraquedistas? (1975) em nome da classe operária e quejandos. -e que foi depois repetido.

    A saudação, que alguém chama ‘romana’ era também a continência’ do exército imperial sassânida e antes saudação no imperío Kushan -tudo muito airyan…
    Como temos ascendência ariana (alanos) o gesto é normal em Portugal.

    Quem escreveu que o ‘rapaz’ já baralhou tudo e todos é que tem razão: vai baralhar e pior VAI FAZER PENSAR. E isso sim é perigoso. E não digam que ele está maluco, nunca se fazem mártires das ideias inimigas

  17. Tracy says:

    A explicação do gesto está no Manifesto do tolinho. Deixem as tretas e guerrinhas de egos e investiguem antes de “botar faladura”…


  18. #17 O juramento foi feito uma única vez, no Ralis:
    http://www.youtube.com/watch?v=pAqi4ceV7RM
    O escândalo que causou nem foi pelo punho, mas pelas palavras que se escutam neste vídeo.
    Quanto a essa de termos ascendência ariana (enfim, com sorte uns 5%, a africana terá de ser muito superior) e daí ter ficado uma saudação romana convêm lembrar que o império romano também cá esteve, mas sobretudo ter em conta uns séculos de intervalo até os rituais da nossa tropa serem o que são hoje. Com a curiosidade de o nosso exército ter sido formatado pelos ingleses há 200 anos.

  19. Zuruspa says:

    Não sei a que tropa vocês foram, mas nos juramentos de bandeira faz-se a saudaçäo romana, que ganhou má fama após ser reciclada por fascistas e nazis, tal como a suástica. Desde os anos 30, quem as faz fora do contexto militar só pertence a um lado: a extrema-direita.

    O célebre juramento do RALIS em 1975 foi feito de punho fechado precisamente para cortar de vez com um passado ditatorial onde até na Mocidade Portuguesa se obrigava a fazer a saudação fascista. Como o punho fechado estava na moda, usou-se. Nada tem a ver com o que fez o Monstro de Oslo.
    Mas isso até os fascistas sabem, näo os sabia era täo rasteiros que insistam em desinformar.

    Esse Observatório é da mesma raça de tontinhos. Fala de “nacional-bolchevismo”, que foi uma tendência histórica do início da URSS, e que pouco ou nada tem a ver com o PNB russo (estalinistas neonazis, afinal Estaline foi quem mais comunistas matou no Mundo).
    Fala da “Outra Rússia”, que é um aglomerado de anti-Putins, de todo o espectro político.
    A bandeira do PNB não engana, troque-se o símbolo central por outro, uma suástica, uma runa, uma cruz céltica, é como o algodão. Näo é por se darem o nome que passam a sê-lo (), o partido do outro dizia que era “nacional-socialista” e de socialista tinha zero, e retirou de Nietzsche só o que quis; em Portugal, o PSD também é tudo menos democrata.

    E pronto, já não dou mais trela a tontinhos. E peço desculpa por tê-lo trazido a tão nobre casa.
    Porque raio não mandei só o filme do Youtube?

Trackbacks


  1. […] José Cardoso, no Aventar, April 16, 2012 at 03:35PM Partilhe:Gostar disto:GostoBe the first to like this […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.