É favor marcar aí na agenda

o fim da crise.

Comments


  1. Já anotei! Ainda que reportando-se a anos diferentes está mesmo ao lado da promessa de não aumento de impostos que antecedeu as eleições…

  2. gabriel goncalo says:

    Até a crise vai entrar em crise