Fundações 1 – Funcionários do estado 0

Cortes na função pública explicam dois terços da redução da despesa em 2012 (JNegócios)

Comments

  1. jorge fliscorno says:

    Outros resultados:
    * Trabalhadores por conta de outrem 0 – PPP 1
    * Pensionistas 0 – Reformas douradas 1
    * Classe média 0 – Deputados 1

    Outros resultados? Aceitam-se sugestões.

  2. Amadeu says:

    Bloco 1 – PCP 1
    CGTP 0 – UGT 0

    • jorge fliscorno says:

      Bem visto. É uma linha distinta. Surpreendeu-me o resultado das centrais sindicais.

      • Amadeu says:

        Vejo a CGTP com muita dificuldade em ultrapassar o sectarismo que foi a sua imagem de marca. Antes clamava pela unicidade sindical, hoje considera que representa a unidade sindical. Quando perguntaram ao Arménio Carlos se ia à manif de 15 de Setembro disse que não podia porque tinha uma reunião não sei onde. Ou são eles a organizar e enquadrar “as massas” ou então amuam.
        A UGT de vez em quando ladra mas não morde. João Proença hoje: “Fora a troika, abaixo o Governo: discordamos de uma coisa e da outra”
        http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=581839

  3. Fernando says:

    A CGTP – na minha opinião – não e’ uma central sindical. De braço-dado com o PCP ( they’re the same) são uma espécie de off shore onde parasitam oportunistas e ingénuos.
    Ambas as organizações dizem que o “povo” já abriu os olhos.
    Concordo. Mas abriu os olhos para os dois lados. Ou seja tanto vê a’ direita como vê a’ dita esquerda.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.