É o que dá fecharem os manicómios

Alice Vieira no Facebook:

Estou a pensar que gostava muito de saber quem são os energúmenos que escolhem os livros para o Plano Nacional de Leitura!!! Acabei de ver que o meu livro de poesia (poesia de amor, PARA ADULTOS!!!!) chamado “O Que Dói às Aves” está aconselhado para…o 2º ano!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Que é que eu, como autora, posso fazer? Retirar o livro do mercado? Dizer que proíbo? Mas essa gente leu alguma coisa do livro para lá do título? Será que pensam que são histórias de pintainhos?????

Comments

  1. António M. C. Carvalho says:

    Crato já fez algumas asneiras mas cada vez mais me convenço de que o grande problema na Educação não é o ministro mas o ministério


  2. Pois reabrir mais rilhafoles,e a superlotação das cadeias também tem ajudado,não cabem lá.
    mário


  3. Seguramente escolheram-no pela capa e pelo pouco volume ou seja, como na vida esta gente só vive de aparências sem se preocupar com o “miolo” de nada!


  4. Ontem fui, com uma amiga, buscar o seu filho de 30 anos, com uma complicada deficiência crónica, claro. Nunca poderá andar sozinho na rua – Na grande sala, as parêdes exibiam muita pintura que deixa qualquer um estupefacto – não é a pintura que muitas vezes se exibe no Casino Estoril, dos “naîves” que não têm doença nenhuma – mas já vi, também há anos, uma reportagem (ou mesmo filme, sobre pintura de internados do Júlio Matos e, também, fiquei estupefacta, embora seja “outra coisa” e por vezes muito “pesada” – mas que seja – A pintura da Escola onde fui ontem pela 1ª vez, deveria estar em qualquer das melhores galerias do país em itinerância pelo menos e até ser publicada com todo o carinho. Não é “escrita” mas pelos vistos a pintura é para todas as idades quanto o ser vista, ou feita, mesmo a dos meninos normais que frequentam já as Creches – Esta observação de Alice Vieira é para se ficar “estupefacto na dimensão mais negativa” – Se quem aqui escreveu que não é culpa de Crato é do ministério, tanto me faz – mas é revelador de quem “manda o quê” seja ministro da educação ou de qualquer outro pois que os sintomas de “demência” revelados diariamente são de se ficar não apenas estupefacto mas muito preocupaos com as consequências a curto e logo prazo fazendo talvez até desmoronar a construção “das mentes brilhantes” que uma criança poderá ter, e a desenvolver e vir a ter, e todas as dúvidas de como irá evoluir pelos mesnos os grupos sociais onde se irão nserir – Desculpem mas não há “manicómios” nem alternativas para estas pessoas que não somente não sabem o que fazem, mas insistem, e tal que mesmo que de vez em quando mudem, e até só sob pressão social, a sua acção é como uma doença grave, que “mata” não apenas a esperança, mas retira o país do “mapa mundi” e o remete para uma posição num ranking cada vez mais baixo até nem poder ter lugar em ranking nenhum e se caminhar para uma “não existência” – o Acordo Ortográfico é também um sinal dessa demência em que se acaba com o grande TESOURO que é pensar e escrever e comunicar e dar a conhecer o mundo português que se forma aqui, já que os paises lusófonos renegaram tal “acordo” – Com que tipo de handicap cresceram os que governam e para que “lugar” podem e devem ser relegados ? para que o país possa “crescer” não importa em que direcção, difícil sim, mas SAUDÀVEL – reina a INSANIDADE mental – Não se estará num caminho bem pior do que o da Grécia ? Temo bem que sim porque o país essencial continua a subsistir para além do que sucedeu e que parece ter sido apenas “financeiro” e não haverá dinheiro que CURE o “mal que aqui parece ter vindo para ficar e se manifestar, até, no ensino – eu preferiria que fechassem TODAS as ESCOLAS de todos os graus de ensino – seria mais saudável não DECEPAR as mentes logo nas primeiras idades de formação de consciência – ou – como MORRE um país ?? Basta um “crato” para se perceber o que é uma “bandeira invertida” e, até certo ponto, alguns “comentadores aventar” já revelam aquilo de que falo e alguns, também, que já não escrevem, será que “emigraram” (que bom não estarem já qui a contaminar)
    Falta, assim, e apenas, compor o Requiem
    Como se ultrapassa este abismo e este VAZIO ??

    • António M. C. Carvalho says:

      Fui eu quem escreveu que pior do que o ministro era o Ministério da Educação. Não sei se quem foi responsável por esta parvoíce a fez por desleixo, estupidez natural ou até para entalar o próprio ministro… Veremos como reagem as hierarquias.
      Acho exageradas as suas catilinárias contra os membros do actual governo, mas não merecerá a pena tentar rebater as suas opiniões. Só lhe quero lembrar que os políticos que estão no Governo, são, na sua maioria, produto da Escola que tivemos depois do 25 de Abril.
      Muito mais do que a acção, na sua opinião, deletéria deste governo me assusta o uso e abuso dos jogos no computador, as play-stations, os Facebook, os Twitter…pelos garotos, desde tenra idade.


      • Atenção, o Plano Nacional de Leitura não é bem um departamento do ministério. Passa também pela sec. estado da Cultura, tem um grupo de trabalho próprio. Nem Crato nem o MEC são para aqui chamados.

        • António M. C. Carvalho says:

          Ok. Obrigado.
          A ignorância do macaco reagiu a quente à verrina de Maria Celeste Ramos…

  5. xico says:

    Há professores (sei do que falo) que julgam que um livro de contos (qualquer livro de contos) é um livro para crianças. Se calhar também julgam que poesia que meta bichos também.

  6. artur almeida says:

    Vocês Lembram-se daquela ordem dada por um Secretário de Estado da Cultura dum Governo do PSD +para retirar de circulação um Livro de José Saramago? Lembram-se????
    E Lembram-se quem era o Ilustre Secretário de Estado?

    • snheebn says:

      é hoje professor num instituto que levanta processos disciplinares a alunos que não apoiam este governo…

  7. edgar says:

    Não insultem os loucos, eles são apenas loucos e não burros.

  8. Amadeu says:

    FOI ENGANO. FOI ENGANO. (grandes aldabões).

    É à balda.

  9. Carla Romualdo says:

    com mil demónios! isso quer dizer?… Não pode ser! Não posso acreditar!! Isso quer dizer que quem escolhe as obras para o PNL não as lê?! Não acredito, de certeza que foi um bug

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.