«Ninguém imagina que vai cair no desemprego»

“Ela confiava nas previsões metereológicas dos calos do senhor Carmichael. (…) O mundo está mal feito – soluçou. Aqueles que a visitaram nesses dias tiveram motivos para pensar que ela tinha perdido a razão. Mas nunca foi tão lúcida como então. (…) se Deus não tivesse descansado no domingo, teria tido tempo para terminar o mundo. -Devia ter aproveitado esse dia para não ficarem tantas coisas mal feitas -dizia. – Ao fim e ao cabo, ficava com toda a eternidade para descansar.”

No meio da minha leitura, por entre linhas e palavras que, não obstante estarem divinalmente (!) escritas  por Gabriel García Márquez, não pude deixar de pensar em Ana, trinta anos, designer gráfica, que não adivinhava, na manifestação de 15 de setembro, que semanas depois iria engrossar a estatística.

“Estou um bocado à toa. Acabei de ficar desempregada pela primeira vez em 11 anos”.

Já se sente velha, aos 30, porque na sua área “estão a pedir pessoas até aos 25 anos, com licenciaturas específicas e especializadas em 10 programas, o que é uma loucura, para ocupar funções que antes eram desempenhadas por três pessoas”.

“«Que vou fazer? Chorar? Prefiro rir. E por um salário irrisório»”. (DN, 9/10/2012)

A realidade sobrepõe-se, domina sobremaneira a ficção por mais bestial que esta seja.

Comments

  1. Miguel says:

    30? Vai mas é trabalhar menina.

  2. Henrique Cayatte says:

    Já lá vão os tempos em que um designer que dominasse o Quark XPress e o Photoshop ganhava 3000 euros por mês! Hoje existem designers a pontapé pois não é preciso estudar muito e era uma profissão de prestigio e por isso os ordenados baixaram. Mas em contrapartida existe uma forte procura de canalizadores e soldadores… e ganha-se bem!

    • Maquiavel says:

      A sério? Domino o Photoshop, Quark XPress e mais uma resma de “pugramas” há 10 anos e nunca tal me ofereceram.
      Näo me diga, os designers ganhavam tanto 3.000€/mês como os maquinistas ganham 5.000€/mês.
      Vós dormis acordados e viveis num mundo de fantasia, com a breca.
      A-COR-DAAAAAAAAAAI!

  3. lNascimento says:

    Miguel (…). E o Henrique ( …)que afirma .”e era uma profissão de prestigio e por isso os ordenados baixaram.”…. atina no discurso,lol.O que é uma profissão de” prestigio”?Que discurso mais reacionário.


  4. Pois é – também há médicos a pontapé, como diz, efermeiros s pontapé e que onntem tantos foram para inglaterra e alemanha
    Também há construtores civis a pontapé que vão para Algola – será que há relação entre quem quer esturdar o quê e ser o quê e as necessidades do país para cobrir todas as profissões ?? será também que há o complexo do doutor e quem não é doutor não é nada ?? complexos de pais e filhos ??? porque é que já huve vários graus de ensino em que não havia o complexo do doutror e cada um ía para a Escola Comercial, ou industrial ou — e tinham logo trabalho não tendo no entanto tapada a possibilidade de seguir o ensino universitário ?’ Não haverá, igualmente, universidade em excesso tipo lusófona ?’ Não andará a sociedade também um pouco desorientada e o que andam os meninos à procura – de saber cada vez mais o que julga que só sendo doutor acontece (ainda hoje morreu alguém em hospital de Braga com excesso de tratamento contra o cancro – como morreram em 2012 pessoas operadas aos olhos por erro dos enfermeiros ?’ Não serão os tais que empinam durante todos os anos do ensimo médio e fazem exames a copiar (como em 2012 juízes e adbogados) e empinar e copiar até por telemóvel com colegas na “rua a assoprar” ?? Não haverá meninos que não estudam a seério mem pais que os ensinam a ser mais responsáveis nem melhores professores que também além de ensinar não sabem “formar” ?’ não será bacharelatos a mais e saberes a menos ?’ Porque é que se pode ir para a universidade só com a “4ª classe” (??) – afinal querem ter saberes ou ter dinheiro, ou ambos ?? Por mim cortar nas classes de IRS ou nos garus de ensino é mesmo IGUAL – desde quando o ensino profissional é “diminuir alguém” ?? Ontem vi na TV reportagem de menino que fez escola profissional e estagiou em fábrida de texteis – adora o que faz e teve medalha de ouro europeia de designers de moda ?? Não teve complexos em ser “alfaiate” – a liberdade de ir para a universidade é assim tão válida para sairem sem saber ler nem escrever e não terem emprego e terem de emigrar ?? Mas que planeamento tem o ministério da educação versus ministério da economia ou quelquer outro que perceba o que está a fazer ??
    Infelizmente, hoje, não é doutor quem quer e menos copiando toda a vida – não é isto e aquilo só porque pensa que lhe apetece – claro que não estamos na URSS com o ensino planeado (??) mas não seria bom durante o ensino básico informaram os meninos que cursos há e quantos se queis e que possibilidade de emprego ?? Claro que sem vocação não há alegria de fazer isto e aquilo – mas há alternativas – é professor quem quer ou se há excesso será porque não tendo encontrado emprego vão “ensinar”, ensinar o quê ?? Que tipo de informação deve o ministério da educação fornecer o mais cêdo possível a informação mais conveniente, não para lixar a vocação, mas para dar mais tempo a cada menino para escolher melhor e não serem tudos formados nas lusófonas ?’ mas só há jovens em porugal para serem universitários ?? e se calhar acontecer como na europa rica que até precisa e emprega tantos portugueses pois que também o seu ensino é deficitário ?’ Então o menino que gosta de agricultura tem de ser engº agrónomo ?? talvez – mas se calhar tem de saber o que é o campo – e médicos ?’mas se calhar têm de ser “triados” a partir de mais cêdo e não se distrairem a matar pessoas como a srª de hoje que morreu com excesso de fototerapia ?? Saberia ler e escrever e claro um médico veio dizer que tal nunca aconteceu no Hospital de Braga porque porque porque ?? Porque o quê ?? a menina não sabe o que é e de que consta tal tratamento ou fez “ao calhas” ?? e depois os hospitais abrem inquèrios . qual inquérito ?? não fica mais caro pagar tanto inquèrito (se for feirto de facto) e porque é que não há aulas de RESPONSABILIDADE e “moral” – pois eu também preciso de quem me arranje o esquentador para não ter de ditar fora e fazer lixo e desperdício, como preciso de quem me pinte as parêdes porque não subo a escadotes e não quero partir ossos e já não há tantas profissões como estas que até são mais bem pagas do que as universitárias ?? Como se faz e de ve pensar – Por mim há universitários em excesso e falta de qualidade nos médicos de que já fui vítima – Ter visto em 1970 nas ruas da maioris das cidades da alemanha electrodomésticos sem uma beliscadura fez-me pensar muito e ver melhor certa rua de Lausanne, onde porta sim porta sim havia portuguses que cortavem baínhas de roupa, passavam a ferro, arranjavam electrodomésticos, trabalhavam em restaurantes e por acaso eram todos portuguses – aliás como vi em NY uma rua de asiáticos que faziam estes trabalhos que os americanos já não faziam – interessante – se calhar todos os paises evoluem assim, passando pelos mesmos degraus de profissões – e no entanto porque é que em mecânico de automóveis não há-de ser eng electromecânico para fazer ainda melhor o trabalho ?’ Parece como as classes etárias – cada vez menos jovens e mais velhotes – os pratos da balança andam a dar a medida de que muito há que pensar para que cada sociedade seja autosustentávem e não sermos 10 milhões de doutores mal amanhados – por caso gostava de trabalhar em hotelaria e servir “bicas” sem complexos de avental e de farda – adorava – mas de repente lembro como há anos um hotel onde fiquei de férias em Albufeira me convidou para gerente do hotel – fiz mal não ter aceite – tinha a mania que queria ser agrónoma para ver a agricultura e pecuária desaparecerem e o país arder todos os anos na mata e nas habitações das aldeias ++ etc – todos querem subir em prestígio socio-cultural e nada tenho contra – mas e mas assim sendo teremos de inventar outro país mas nem sabemos quem é que está na política e AR a fazer só patifarias


  5. É por estas e outras que temos o PR que temos que não sabe ler nem escrever e nem sabe falar senão com a boca cheia de bolo-rei e que saiba não intervém como lhe é devido e permitido constitucionalmente, para que o país não tenha caído em queda livre na ignorância e indecência – em pequenina aprendi a cozer botões (e + coisas) e não me fez mal nenhum e agora tenho de ir cozer a bainha das calças pois que lhe meti o pé e descozeu -se e não preciso das lojas de Lausanne para me fazerem esse trabalho(que aliás podia fazer em loja da rua mas posso e sei fazer e poupar) – mas não sei arranjar o esquentador e como entretanto perdi o telefone de alguém que vai a casa passar roupa a ferro, não tive outro remédio senão fazer eu (e bem) e ainda continuar porque não acabei tudo e pouparei o dinheiro do “Cinquàsèc” e não sei se é assim que se escreve – alguem disse hoje em reportagem na TV que há dificuldades tais que estaremos como estivémos em 1948 (pós guerra mundial) – pois acho que sim e não faz mal a ninguem ssaber coisas “triviais” para uma situação como a que agora “volta” por razões diferentes e para as quais muitos não têm solução, mas eu lá vou arranjando mesmo sem ter de improvisar – até tenho de cozinhar pois que come-se fora mal e cáro e não tenho outro remédio – e fico a apreciar melhor quem o faz por profissão e faz melhor do que eu – a necessidade aguça o engenho – e já agora, doutores conheço muito e estou cansada de cagões e ando agora com gente mais simples e menos “doutorada” – Indemnizações 1.8 milhões de euros deve o estado decretado pelo trinunal de quem se queixou – boa – tanto dinehiro que chegaria para tantos mas o pior exemplo vem agora do mais acima de nós – bem o que vale é que a RUA está à espera de muitos de nós descontentes com estes desgovernantes de merda – Em 10 anos o IRS cobrado aos trabalhadores subiu 54% – e eu a pensar que era apenas 44% (notícia de RTPInformação 01H 22 outubro) – Paulo Campos ganhou 8 mil euros por mês (deve ser um génio) ++ Rangel diz que o passivo do Benfica é de 400 mil milhões + TAP precisa muito mais do que 500 milhões ++ os maiores bancos de portugal chamados pelo CCE ++ Sonaecom + Zon (eai não vi tudo) – Sporting perde a taça de Portugal – Classe docente de Madeira queixa-se de idisciplina ++ PP vence na Galiza e no País Basco ganham os “nacionalista” ++ El Pais colapeou o PSOE – o Globo atirador mata 3 pessoas em SPA ++ ou seja, a esquerda corrompeu-se a lá se volta de novo à direita (ou ultra direita gastadora e castigadora e carrasca ??) – ai os “LEPEN” não desistem mas abriram a porta e entraram – faça favor

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.