O presidente do Tribunal Constitucional vai acordar assim

«Na Itália existiu uma ditadura dos juízes e agora passaríamos a ter uma ditadura do Tribunal Constitucional»” – queixa-se Ulrich, como a seu tempo se queixaram dessa feroz ditadura outros Padrinhos.

O BPI de Ulrich aumentou os lucros em 15,3% até ao final de Setembro. Pode portanto investir em ofertas irrecusáveis aos juízes do Tribunal Constitucional.

Esta semana, depois do beato Neves, já é o segundo a insinuar que um golpe de estado vinha mesmo a calhar. Como a nossa tropa anda virada mais para Abril que para Novembro, saia uma Bundeswehr para a mesa do canto. Não, não é uma marca de cerveja.

Comments


  1. O BPI teve lucro, boa gestão? ó quanto do teu lucro é juro da dívida soberana?

  2. Luis says:

    É curioso o lamento deste descendente da casta que durante séculos se serve do orçamento do estado como se estivesse na dispensa da sua casa!!!
    Quando a lei é feita a mando da casta, aqui del rei que a “lei é para se cumprir”, “que vivemos num estado de direito”, “que não se comentam decisões judiciais”, etc.
    Quando a mãe de todas as leis, que é a constituição, baliza e contraria os seus interesses, já temos “o poder judicial a intervir na governação”, “estamos a caminho de uma republica de juízes”, etc.
    A verdade é que a Constituição não foi feita pelos paus mandados dos deputados eleitos para servir esta casta, razão que os leva a querer tratar a Lei Fundamental como se fosse um pano encharcado que se torce conforme a vontade do freguês.
    Ou então, como diz o propagandista da casta, o insinuante, sinuoso, escorregadio, viscoso e aldrabão Marcelo, “a Constituição deve ser maleável para se adequar às novas situações”.
    Tipo chiclete, diria eu!
    Francamente ainda não compreendi como é que este conjunto de Leis Fundamentais ainda resistem, pois se até o cavaco, o reposteiro mor da referida casta, que jurou pela sua “honra” (Lol), fazê-la cumprir, não hesitou em cometer o perjúrio de a atraiçoar a troco de uma folha de excel.
    E já agora, este perjúrio num país decente, não devia levá-lo a ser obrigado a pedir a resignação do cargo?


  3. Chove no Porto – até que enfim – para amainar as poeiras
    por aqui ora chove ora não chove – é mais hesitante a cidade e os seus sinais
    O que é que aconteceu a José Viegas ?? – fartou-se da cultura que lhe fez mal ?? a gordura faz mal a toda a gente e ele já abusava de tanta gordura que nem cabia na roupa que vestia e por não ser ministro nunca se vestiu “à pipi” – parecia um homem de recados

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.