Fuga em frente será modalidade olímpica

full_foto_teresa_leal_coelho_3Para se ser político, pelo menos em Portugal, é necessário ser-se especialista na Fuga em Frente, a mais recente modalidade olímpica. Se o Triatlo exige resistência, a Fuga em Frente baseia-se no descaramento.

Aliás, o que fez com que este desporto passasse a ser modalidade olímpica foi o facto de o político aprender a ignorar olimpicamente qualquer mentira, promessa ou contradição.

Mário Soares e Cavaco Silva são as grandes referências, os veteranos da excelência.

Soares, por exemplo, critica o FMI e austeridade, passando uma aparente esponja sobre o seu passado como primeiro-ministro. O mesmo Soares, depois de ter arrumado o marxismo numa gaveta e depois de ter vivido imperturbável os anos em que José Sócrates aplicou receitas de direita, arvora-se, agora, em unificador da esquerda.

Cavaco, depois de ter contribuído para a depauperação do tecido produtivo, transformou-se no defensor do regresso à agricultura e de outras actividades para cuja quase-extinção contribuiu.

Ontem, num debate da SIC Notícias, Teresa Leal Coelho, exímia praticante da modalidade e fervorosa atleta da bancada do PSD, mostrou estar à altura dos melhores, ao desvalorizar o facto de Passos Coelho ter faltado a todas as promessas que fez e ao afirmar, com magnífico descaramento, que as políticas actuais foram impostas ao governo. Trata-se de uma séria candidata à medalha de ouro.

Assim, o futuro de Portugal na Fuga em Frente será, com certeza, radioso.

Comments


  1. O Soares mandou vir o FMI 3 vezes, para quem crítica o FMI e o nazismo provocado pelo FMI, algo está mal.

  2. Nascimento says:

    ESta não é aquela que andava pelo Benfica no tempo de Vale e Azevedo?E não é aquela que foi DESPEDIDA DO CCB?Atão tá bem…


  3. Certinho, direitinho. Como nos habituaste. Já agora, certeiro (sem diminutivo).


  4. Fernando, mas esse é um discurso que eles andam a replicar. Já o ouvi em relação à RATA, por exemplo…

  5. Patolas says:

    É a narrativa final…
    vitor gaspar apresentou ontem uma narrativa próxima.

  6. LUIS COELHO says:

    OS RESPONSÁVEIS PELO ESTADO MISERÁVEL A QUE ISTO CHEGOU SÃO SEM DÚVIDA OS QUE TÊM ESTADO NA MANGEDORA DO PODER ,PPD, PS E CDS. MAS OS RESTANTES MAMÕES QUE TÊM PASSADO PELA AR TAMBÉM O SÃO, PORQUE MAMAM TUDO O QUE PODEM E NÃO SE LHES OUVE UMA PALAVRA CONTRA OS ORGANISMOS FANTASMA ONDE SE ACOITAM OS 500.000 PARASITAS SEUS PARES PAGOS MILIONÁRIAMENTE PELO ORÇAMENTO DO ESTADO.

  7. Luís says:

    Teresa Leal Coelho?!!!!

    «Quando foi despedida de administradora do Centro Cultural de Belém, o então presidente, Fraústo da Silva, explicou que a senhora se teria enrolado numa série de trapalhadas, que envolviam o favorecimento de amigos e o abuso de funções e do nome da instituição. Tudo acabou em Tribunal, com a futura deputada condenada duas vezes. A propósito da sua dupla condenação, a futura deputada declarou, na altura, que as sentenças continham vícios de “obscuridade” e “falta de transparência”.

    Tem um excelente curriculo para ficar na foto de família com o cavaco, relvas, fantasia, arlindo, farsola, loureiro, duarte lima, valentim loureiro, o bucha da lusoponte …


  8. Tenho acompanhado o trajecto político desta Sra , para mim desconhecida , mas
    muito preocupada em aparecer nas fotografias , como se isso fosse o mais impor-
    tante sem se preocupar com a sorte dos portugueses.
    É mais uma que só se preocupa encobrir e desculpar o inconcebível da política
    deste ignominioso governo .
    Estou na miséria por causa do Cavaco e do PSD , que apoiei como ninguém , no
    tempo do sinistro Cavaquismo , que me perseguiu por criticar o Cavaco e que a-
    inda hoje me perseguem , só porque não sou lambe-botas e os critico duramente .
    Apesar de os apoiar como ninguém , nunca se preocuparam com a minha sorte
    antes pelo contrário , demonstrando falta de solidariedade .
    Fiz pelo Natal uma exposição da minha dramática situação a vários deputados
    de todos os Partidos relatando estes tristes factos , pois já estou a ser apoiado
    pelo Centro Social Paroquial de Vale Figueira , caso contrário já tinha morrido
    à fome e estaria a viver dos caixotes do lixo ..
    Uma das deputadas a quem escrevi foi a esta Sra que nunca me deixou dúvidas
    do que era , mas para comprovar nada como actuar e foi uma das que nem res-
    posta me deu , nem uma simples retribuição de Boas Festas como lhe desejei .
    Realmente , sempre notei algo de sinistro nela , apesar de ser , salvo erro , ma-
    gistrada , que agora se confirma , pelos restantes comentários de tenas sobre
    esta Sra , que demonstram ser mais uma oportunista da política .
    Afinal o meu mau pressentimento sobre ela não estava errado , é das tais que es-
    tá escrito na cara .
    É REALMENTE.UMA FORTE À MEDALHA DO OBSCURANTISMO . É MAIS UMA !
    Este governo e este PSD só está cheio desta gente sinistra e golpista , que não
    prestam mesmo para nada , a não ser para justificar o injustificável .
    O discurso forte dela era que tínhamos gasto demais e por isso é que estávamos
    nesta situação . Provavelmente , ela gastou e continua a gastar demasiado e por
    causa de políticos assim é que o o País está como está .
    Não percebo como os jornalistas ainda passam cartão a esta gente , que como
    ela , são um completo vazio . SÓ APARECEM GOLPISTAS .

  9. celesteramos.36@gmail.com, says:

    O PSD refinou – e mesmo requintou e tanta gente a desejar quotas fêmeas para “amenizar” o cinzento masculino – mas afinal escolheram mal ?? o que aconteceu ?? Os homens enganam-se, ainda, assim tanto ? Mulheres na política relembro Natália Correia e Pintassilgo – o resto é fracote – ah gosto da menina dos olhos verdes do BE . mas só dessa – a outra parece dona de mercearia

Trackbacks


  1. […] Leal Coelho, especialista na modalidade de fuga em frente, deu uma entrevista ao Público. As suas declarações confirmam-na como um dos poucos exemplares […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.