De Visigordo para Magrebino

O facebook é mesmo assim. Um visigordo anda distraído a ler o que lhe aparece no mural e dá de caras com coisas destas de um magrebino.

 

Que não se pense que o autor da prosa se enganou quando escreveu “hospitaleira gente do Porto”. Não, muitos deles pensam mesmo isto. Mesmo. Consideram a malta do Porto (e do Norte, não se iludam) um bando de arruaças, de pacóvios, saloios e provincianos. Acham, acham.
Obviamente, esquecem o autocarro de adeptos incendiado, o assassinato de um adepto numa triste final da Taça de Portugal, as agressões no seu pavilhão. Esquecem. Eles são uns meninos de coro e para eles somos todos donos do “Calor da Noite”. Pois é.

 

Porém, as senhoras do “Calor da Noite” são bem mais sérias que autores deste tipo de prosa.

Comments

  1. Amadeu says:

    Lá vem o cruzado nortamentalista. Deves ter uma viriatose enquistada no cerebelo.
    Não te trates, não.

  2. chikovapessonha says:

    Deves pensar que os lisboetas são os azeiteiros do Freixo…

  3. Carlos Roque Santiago says:

    Mediocres. Os textos e os comentários

  4. chikovapessonha says:

    Mais um enquistado!!..


  5. Lês lixo? Esse e a amiguinha dele, a Pinhão, passo sempre à frente. Dão-me vómitos.


  6. alguns benfiquistas preferem viver em negação. “Fenómenos” como Inocêncio Calabote ou a venda do Roberto a um fundo detido maioritáriamente pelo antigo sócio do FCP, ladrão de pneus e actual dirigente do benfica que só por acaso até vai construir o novo estádio do clube para onde se transferir o saudoso guarda-redes espanhol não passam de conspirações. Como Portista, espero sinceramente que o Nottingham Forest Português continue a ser gerido por incompetentes ridiculos escondidos por trás da sua própria versão de “verdade desportiva” da qual estão excluidos a priori. Que nos continuem a dar alegrias e que os continuemos a humilhar no futebol por muitos anos!

    E deixo uma pequena pérola do mundo da fruta para todos os que não sabem que em Portugal, o termo “fruta” associado a prostitutas dadas a árbitros como forma de “compensação” foi imortalizado pelo clube da andorinha no ano de 1992.

    http://www.reflexaoportista.pt/2008/02/dicionrio-do-sistema-king-howard.html


  7. E a invasão de um jogo de putos à pedrada, a colocação de um jogador em coma, uma polícia que não sabe levar adeptos para o estádio a tempo e avisa a claque ilegal a que horas chegam, claque essa que pode guardar armas no estádio.
    Isto é que é civismo, carago!

  8. podaribeira says:

    O belga Cadorin, avançado do Portimonense, acusou o empresário Luciano D’Onófrio de lhe prometer um bom contrato (em Portugal ou no estrangeiro), caso fizesse um penálti nos primeiros minutos de um Portimonense-F.C.Porto (“depois jogas normalmente”, ter-lhe-á dito). Com a saída do belga do futebol português, o caso acabou por morrer.

  9. Piorquemao says:

    Pois é,… Longos minutos têm trinta anos de crimes e terrores impostos, absolutamente impunes,… o verdadeiro legado de “il georgio di bufa”, será por muitas gerações, o podre estigma do crime de mafiosos contornos,…. Era preciso que fossemos todos parvos, inocentes e ou coniventes,…

  10. A. Santos says:

    Acho que estão muito uns para os outros.
    Tanto o dito que é criticado como o crítico posteiro.
    Tudo a mesma família… de imbecis do futebol… infelizmente muitos também na vida.
    É que isto anda tudo ligado.


  11. Sinceramente, FMSá, eu, que nunca me meto em futebolices ou clubices, acho mesmo que estás a dar tempo de antena a quem não a merece. Devemos, nós os bons adeptos, ignorar esse tipo de provocação. É que comportamento gera comportamento. Hoje insultam eles, nós respondemos, eles respondem e nunca vamos sair disto. Não vale a pena. Mesmo!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.