Este orçamento não liberta!

João Galamba diz na cara daqueles tipos o que eu lhes diria: