O iminente golpe de Estado

Golpe Estado

A direita radical tem feito referências constantes a um golpe de Estado em curso. E se há uns dias parecia paleio de fundamentalista, a verdade é que o perigo parece ser real. A concentração de tanques que podemos ver na imagem não deixa margem para dúvidas. Devemos ter medo, muito medo, trancar bem as portas e enviar todas as crianças para fora do país que os comunas vão levá-las todas para o pequeno-almoço. Abençoado Cavaco Silva que não olha a meios para proteger a democracia do perigo esquerdista. Cavaco e os democratas que conhecem o valor da tradição e que se sublevaram contra o ultraje que foi a eleição de Ferro Rodrigues, que acha que pode ser eleito só porque teve a maioria absoluta dos votos dos deputados eleitos. Maioria? Qual maioria qual quê? Respeitem mas é a tradição seus norte-coreanos!

Comments


  1. Já nem merece que se perca tempo…

  2. António Melo says:

    Bem sabemos quem eles são, e o que querem a todo o custo. Acho piada (não achamos todos ?) ao marco antónio costa a aliviar-se da constatação de que os socialistas querem o poder a todo o custo, mesmo que contrariando aquilo a que chamam as “tradições”. Repare-se na continuidade semântica entre “tradições” e “traições”, compreendendo-se assim muito melhor aquilo que os aflige : que a tradição não continue a propiciar a traição permanente que estes sujeitos levaram a cabo nos últimos quatro anos : traição à Constituição, ao Estado de Direito, ao povo português, à saúde moral e à prosperidade material do país. Aquilo que os inquieta é, no fundo, verem ameaçado o contínuo assalto, o desbragado saque do “pote”, como se viu recentemente nas 100 (cem) nomeações para cargos dirigentes do Estado na semana que precedeu as eleições, cujo único critério de selecção consistiu na posse do cartãozinho partidário (dos partidos integrantes do pàf (púf, póf ?). Chegámos a um grau tal de despautério e de cinismo, que até o repugnante relvas se pronuncia a torto e a direito sobre o “golpe de estado”. Saberá esta gente que existe a Constituição (saber, sabem, quanto mais não seja porque o Tribunal Constitucional lhes limitou os desmandos e a arbitrariedade) e que esse texto fundador da nossa democracia prevê um consenso maioritário (por exemplo, na eleição do Presidente na AR), nada dizendo sobre “tradições” ? Uma última nota para referir dois factos que, embora distintos, revelam em toda a sua extensão a canalhice da escumalha do pote : a recusa de enviarem para Bruxelas o esboço do Orçamento de Estado (um facto inédito e inusitado para quem se gaba de cumprir todos os compromissos e, até, de ir além deles), o que pode ser um prenúncio das surpresas desagradáveis referidas por António Costa; a anunciada “devolução” da Sobretaxa que, em altura das eleições era de 3 5% e agora se queda pelos 9%. É obra !

    P.S. Que ninguém se engane, nem tenha dúvidas : o relvismo-marcoantonismo-cuelhismo veio para ficar e não se vai embora tão cedo.

  3. j. manuel cordeiro says:

    Os tanques LOL

  4. JgMenos says:

    Tanques claramente insuficientes para lavar a cara ao PS!

  5. antifascista says:

    vejam só os amigos do cavaco ,coelho,dias loureiro , luis meneses ,marques mendes ,oliveira e costa , duarte lima ,arlindo cunha ,relvas ,etc,etc,etc, se isto não é uma quadrilha de malfeitores ,vou ali e já venho. 25 DE ABRIL SEMPRE RUA COM A ESCUMALHA .

Trackbacks


  1. […] Daniela e o João já o relataram, mas, de tão notável, ainda sobra para uma terceira volta. Um conjunto de pessoas […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.