Ainda sobre a teia de propaganda na rede


Além dos aspectos que o João oportunamente indicou, há, ainda, uma questão muito pertinente. Quem é que pagou a rede de perfis falsos “Maria da Luz”?

Já se sabia há muito que Miguel Abrantes era um pseudónimo. Se era realmente avençado do governo de Sócrates, isso não sei, apesar de me parecer plausível.

Era óbvio que a informação publicada no blog Câmara Corporativa, com dados que não estavam acessíveis ao comum dos mortais, tinha o cunho de fontes privilegiadas. Mas deixemos o cinismo de lado. Os tipos do PSD e do CDS fizeram a campanha de 2015 com um forte suporte no Facebook, usando perfis falsos, um dos quais desmascarámos no Aventar, uma tal “Maria da Luz“, que serviu para inundar essa plataforma com soundbites, manipulações e ataques ad hominem aos adversários.

Enfim, poderíamos aqui tentar estabelecer uma escala sobre que tipo de manipulação é mais condenável, mas não é esse o tópico. Em causa está a forte suspeita de que também esta rede de propaganda pafiana teve a sua avença paga com dinheiro público, seja por pagamento directo, seja por nomeação de boys para cargos que lhes proporcionassem os meios materiais e financeiros. Ou alguém acredita que uma redes destas, que dá trabalho a montar e a manter, é coisa de carolas?

Comments

  1. A conclusão deste post é que quer o PS de Socrates quer o PSD de passos Coelho sao iguais.
    Nada que nós não saibamos.

    • xavier says:

      Diz muito bem: ps de sócrates e psd de passos coelho… Ora bem, nos sabemos que o ps de agora, bem como o psd, não são de um nem de outro… Graças a Deus!

  2. Este tipo de propaganda é das coisas mais perversas que existem. A utilização de favores e dinheiros públicos é grave, sem dúvida, mas muito mais grave é esta quebra de confiança.

    Choca-me ver isto quando é feito comercialmente (falsos posts em blogs, product placement em todo o lado, etc). É absolutamente obsceno quando é feito em política. Vindo de partidos políticos, não é nada para admirar.

  3. Leandro Hipólito Dantas says:

    É grave que o dinheiro do contribuinte seja usado para propaganda encapotada. Mesmo que o dinheiro fosse dos filiados no PS, desde que o blog não se assumisse como profissional e pago pelo PS, era grave. Era uma mentira e era imoral.

    É lamentável que estejamos a perder a noção do certo e do errado.

    Assim como havia este blog, há muitos outros que são pagos com o nosso dinheiro, desviado das contas do Estado, e onde peroram criaturas avençadas que são dão ares de independentes e vivem à conta do orçamento, quer directamente (empregos em jornais, em universidades, em institutos e fundações, etc., etc.) quer indirectamente (avenças, férias pagas, prendinhas diversas, etc.). Cheira a propaganda nazi.

    Sejam PS, PSD, CDS, BE, sejam de que cor forem, é inadmissível.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s