Memórias da Revolução: 6 de Abril de 1974


Chegou o grande dia, noticia o «Jornal de Notícias» de 6 de Abril de 1974. Logo à noite, em Brighton, realiza-se o Eurofestival da Canção, um dos maiores acontecimentos do ano. E lá está Paulo de Carvalho, com o seu «E Depois do Adeus», com música de José Calvário e letra de José Nisa, a representar Portugal.
Como sempre, a imprensa dá a nossa canção como uma das favoritas. Como sempre, diz-se que foi a mais aplaudida dos ensaios. Como sempre, e desculpem-me o tom pessoal, a minha mãe deve ter feito um bolo para passarmos o serão. Nesse ano não sei, que era pequenino, mas foi assim assim durante muitos anos, por isso naquele ano também deve ter sido.
Como sempre, a desilusão seria tão grande quanto a esperança. Não faz mal. «E Depois do Adeus», no 25 de Abril, desempenharia um papel muito mais importante.
Faltam 19 dias para a Revolução.