ESTÁ TUDO "MARADO" DA CABEÇA

São os alunos, são os professores, são os amantes, os maridos e as mulheres, são todos os que nos governam e os que gostariam de nos governar, todos de um modo ou de outro, estão tolos.
Os alunos batem nos professores, os professores protestam mas nada podem fazer, os amantes os maridos e as mulheres matam por insanidade temporária, os governantes fazem de nós parvos e gozam com a nossa cara prejudicando-nos dia a dia, os que nos querem governar dizem-se diferentes mas quando chegarem ao lugar dos outros não são diferentes, o cidadão comum não sabe o que fazer nem como, mas comete erros atrás de erros, exacerbando as suas reacções, todos berram, todos gritam, todos ofendem e se sentem ofendidos. A incúria mata crianças por desleixo, a insensatez obriga a
disparates, a ignorância faz danos inimagináveis, a falta de educação faz o mal-educado arrogantemente estúpido e provocador. Estamos num mundo doido em que cada um é dono da razão e a tolerância não existe.
A sociedade está doente, muito doente. E não se vêm remédios para a curar.
Estou cansado, quero ir-me embora daqui. Levem-me para uma ilha isolada no meio do Atlântico, uma que ninguém conheça, e deixem-me lá!

Comments


  1. José, se houver uma ilha assim, diga-me. Também vou. E garanto que só preciso de um cantinho. Juro que não o incomodo.

Deixar uma resposta