Uma boa questão:

“Miguel Dias Aventa:
Bem vindo ao balneário.
Em que posição joga? à frente, atrás. Esquerda, direita? Ou é um polivalente?”

Ora aqui está uma bela questão…
Devido ao tamanho avantajado do meu abdómen tinha por hábito jogar numa de duas posições, a saber: ou na baliza ou na frente (na chamada “mama” que correr nunca foi o meu forte). Quando na frente, costumava flectir para a direita. Mesmo que por vezes fosse tentado a, copiando as palavras do Grande Capitão João Pinto, chutar com o pé mais à mão.
Agora, pulidovalente não. Sou um pouco mais optimista. Ou idiota. Depende da perspectiva.

Comments

  1. Luis Moreira says:

    E quando “flete” para dentro remata com o esquerdo? Isso é uma jogada soberba!!

  2. Miguel Dias says:

    Os grandes jogadores não precisam correr muito.Mas por falar em pulidosvalentes, não sei se refere ao historiador ou ao arquitecto. por acaso no inicio da minha carreira trabalhei com o segundo que é tio do primeiro. E curiosamente a alcunha que tinhamos no atelier era precisamente essa : polivalente.Nao resisto a contar um episodio: um dia o ze pulido entrou a vociferar insultos ao sobrinho, que é que se passa pulido, perguntamos: não é que aquele “#$%%&&&/” teve o topete de dizer numa entrevista que o único membro da família mais inteligente que ele tinha sido o meu pai”.


  3. Com esse jeito para “a mama” ainda vais parar a um grande. Mas só se fizeres golos.

Deixar uma resposta