A República agradece

A publicidade que os monárquicos portugueses se têm esforçado por fazer ao centenário do 5 de Outubro, e que  começou pela forma como lembraram o regicídio de 1908, não compensa a displicência da República em celebrar o seu centenário, mas ajuda.

Obrigado senhores dons, fala o cidadão e plebeu que aqui se assina.

a notícia da intervenção da PSP aquando de uma suposta troca de bandeiras me irrita: em primeiro lugar porque devia ter sido a Guarda Nacional Republicana, uma vez que estamos no território do simbólico agravado por ser a GNR herdeira da Polícia Municipal de Lisboa, e de provincianos aconteceres se tratar.

Em segundo, e muito mais importante, porque não devia ter acontecido, tal como não se deve chatear o pessoal da JCP que anda em Agosto a fazer murais de Abril. Só às almas simplexistas (isto  devia ter um link mais directo mas  perdi-me  entre os assessores, os avençados, os candidatos a, ou seja: entre a nobreza actual e seus aspirantes) que anseiam pelo absolutismo republicano faria lembrar tão vil parvoeira.

Quanto ao resto, e no que é politicamente relevante em Agosto, suponho que  terrorismo, verde-eufemismo e blá blá, de como foram agora quase acusados pelo arrastão, no chamado e mui justo toma lá o troco, seria terem gamado uma destas imagens da nossa Mariana, herdeira do 14 de Julho:

…………………..

Mariana, símbolo da República, versão portuguesa

…………………..

Era mais complicado, claro, embora a maioria das câmaras ainda tenha uma exposta.

Já agora –  trocavam por um busto de quem? Posso sugerir a Carlota Joaquina?

carlota joaquina

Seja lá como for  tou com já não sei quem, mas é mais ou menos assim: antes monárquicos com piada que o PS feito GNR muito sério e sonhando-se com sentido de estado. E biba a repuvlica, como cá na aldeia gritámos em 1910 (sim, há documentos, não, o Vasco Pulido não os leu).

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.