"Mistake"

Pensar que os debates políticos em Portugal servem para esclarecer o que quer que seja ou quem quer que seja, é como pensar que o Pai Natal existe.
Há muitos e muitos anos que os debates são um engano. A falta de coragem dos directores de informação das televisões, que preferem ceder nos princípios a ter a coragem de dizer “NÃO”, levaram a esta anedota de debates onde tudo é condicionado anteriormente. Desde os tempos passando pelos temas e terminando nos diálogos entre as partes em debate. Um circo de animais amestrados sem pensamento próprio. Nada ali é genuíno, nem tão pouco o suposto jornalista que, amputado dos seus deveres profissionais, aceita participar como mero figurante desta novela de terceira categoria.
Haja coragem para dizer Não!

Comments

  1. dalby-o-calmo says:

    Nando M, estás já a começar a ganhar pontos à predominante FERA ERRE R’! Concordo e adorei aquele adjectivo lancinante «amputado dos seus deveres profissionais»..oh Nandito, pára de ver tanto filme de terror de série B!!!dalby, teu admirador em part-time, pois o grande R’ ainda leva a maior fatia…Olhem lá e as «tipasAventar»??ONDE ANDA O MULHERIO AQUI?? BELINA CAIU E FOI PARA O HOSPITAL, MAS AS OUTRAS??dalby

  2. a.leitao says:

    O Postal adequado prá miséria de políticos e democracia que temos.Que os sobreviventes tenham capacidade e coragem de fazer a Revolução… sem a porcaria dos cravos.

  3. Luis Moreira says:

    Esta gente que nos governa é muito má, com o Sócrates à cabeça, porque no lugar dele é o que prejudica mais o país…


  4. Isto sim, era um debate a sério:


  5. O melhor mesmo é o jornalista a fumar! Uma coisa de outro mundo, eheheheh, quer dizer, cof, cof, cof…

  6. adão cruz says:

    Totalmente de acordo. Um retrto fiel deste circo em que caímos e onde os cravos não têm culpa nenhuma. Pelo contrário, os cravos são as principais vítimas. Eles floriram para tudo menos para esta fossa criada pelos que detestam cravos.

  7. maria monteiro says:

    eu na época tinha 22anos e lembro-me bem desse debate…

  8. dalby-o-calmo says:

    Maria não precisa dizer a sua idade, espere que num romantic dinner caia a clássica questão kind of « And you, my jewel, you belong to the kingdom of arts, for how long??»…

Deixar uma resposta