FutAventar – FCPorto #6:

fcporto na F1

Segundo ouvi dizer e pelo que me apercebi no Aventar, parece que neste fim-de-semana jogou uma equipa qualquer de brasileiros e portugueses a que chamam, julgo, selecção. Ora, como para mim apenas existe a equipa do meu país, o F.C. Porto, não estive atento à coisa e preferi guardar as minhas energias para interesses sérios como a Superleague Fórmula onde o Álvaro Parente, logo na sua estreia, fez o favor de vencer. Sem espinhas.
Até nos automóveis somos os maiores, CARAGO!

Comments

  1. miguel dias says:

    e zairenses, e guineenses, e caboverdianos e angolanos. até madeirenses vê lá tu. ao que este país chegou, é melhor emigrares Sá, já viste se algum deste gajos chega a presidente da junta da Areosa.


  2. Ó Miguel, ALTO LÁ! Agora a sério: Esta não é a minha selecção, desde o tempo do Scolari. Não por ter o Deco, um grande Portista ou por ter angolanos, etc, não. Eu, que sou um acérrimo defensor de não existência de fronteiras entre os países da CPLP (se calhar, nenhuma fronteira sequer pois entendo que o Mundo é de todos), nunca poderia deixar de apoiar essa equipa por semelhante. Apenas prefiro o FCPorto e não sou hipócrita: prefiro o Porto Campeão Europeu a qualquer outro resultado dessa equipa.Quanto à Junta da Areosa, tal seria um excelente sinal. Significaria que a Areosa já seria freguesia. Mas não chega: Areosa a Concelho, JÁ!

  3. miguel dias says:

    Libertem a Areosa!subscrevo.


  4. Sobre a “nossa selecção” escrevi há dias istohttp://atributos-1.blogspot.com/2009/09/uma-seleccao-mista_03.htmlSobre o FCPorto,Somos os maiores, “carago”

  5. Luis Moreira says:

    E além disso o FCP só joga com portugueses…


  6. Estas fugas em frente começam a fazer-me sorrir. Para comentar os resultados de facto interessantes, ninguém aparece… Depois, vendo que a terra começa a fugir… viram-se para os carros. Não está mal visto, não senhor!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.