ETICA E EDUCAÇÃO (5)

ETICA E EDUCAÇÃO (5)

Considerações sobre Educação

Ao apresentar-me, assim, como tecnófilo, fazendo a apologia da ciência e da tecnologia como novos caminhos que permitem coisas novas, não deixo de ter em atenção a posição dos tecnófobos que atribuem à ciência um cunho elitista, considerando-a parte de uma invenção diabólica que apenas serve de instrumento neo-liberal indispensável à melhoria das performances económicas. Neste sentido, a ciência passa a ser uma força de produção mais associada ao desejo de enriquecimento do que à produção do saber. Daqui a grande confusão, ou mesmo contradição, entre a maravilha da ciência e a perversidade das suas aplicações. Não podemos conceber, no entanto, um desenvolvimento sem ciência, a grande luz contra todos os obscurantismos. Podemos e devemos, isso sim, ter sobre ela uma visão crítico-dialéctica, reconhecendo o seu incomensurável papel no desenvolvimento da humanidade e não desprezando os seus grandes perigos. Um campo infinito, apaixonante, conflituoso e imparável, que tanto pode ser usado para a consolidação de um poder dominante, como pode estar ao serviço da democracia e de uma sociedade mais verdadeira mais progressista e igualitária. O mal não está na ciência mas no uso negativo que Homem lhe dá. (Continua)

                             (manel cruz)

(manel cruz)

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.