Sondagem – o "centrão" a caminho ?

Aqui vai com a convicção que daqui a menos de dois anos vamos novamente a eleições.

PS – 34.5%

PSD – 28.9%

BE – 10.4%

CDS – 8,1%

PCP – 7.8%

O PCP parece baixo do que vale. O BE idem. A diferença entre os dois primeiros alargou-se o que é contraditório.

Esperar para ver.

Comments


  1. «A diferença entre os dois primeiros alargou-se o que é contraditório.» Contraditório, relativamente a quê, Luís?

  2. Luis Moreira says:

    ao que se intui da descredibilidade do Sócrates…


  3. E diz uma coisa Luís, a inegável descredibilidade de Sócrates credibiliza Manuela Ferreira Leite?

  4. João J. Cardoso says:

    Eu diria que o CDS come ao PSD (mas não acredito que seja tanto) e o bloco central está inflacionado como de costume.Cá para mim andam a ver se não se enganam outra vez com o CDS, e desta vez enganam-se à esquerda


  5. Luís, já leste este excerto do artigo do Manuel António Pina, mas ponho-to aqui para te avivar a memória:Manuela no seu melhorAssim, se a chegar ao Governo, a dra. Ferreira Leite extinguirá opagamento especial por conta que a dra. Ferreira Leite criou em 2001;a primeira-ministra dra. Ferreira Leite alterará o regime do IVA, quea ministra das Finanças dra. Ferreira Leite, em 2002, aumentou de 17para 19% ; promoverá a motivação e valorização dos funcionáriospúblicos cujos salários a dra. Ferreira Leite congelou em 2003;consolidará efectiva, e não apenas aparentemente, o défice que a dra.Ferreira Leite maquilhou com receitas extraordinárias em 2002, 2003 e2004; e levará a paz às escolas, onde o desagrado dos alunos com aministra da Educação dra. Ferreira Leite chegou, em 1994, ao ponto delhe exibirem os traseiros. No dia anterior, o delfim Paulo Rangel játinha preparado os portugueses para o que aí vinha: “A política éautónoma da ética e a ética é autónoma da política”.»Manuel António Pina, Jornal de Notícias, 28 de Agosto de 2009.

  6. Luis Moreira says:

    Carlos, a Manuela FL já foi apeada, agora trata-se de classificar o governo de Sócrates. mas sempre te digo que para mim o importante já foi alcançado. Não há maioria absoluta para ninguem.E quanto a políticas, com o caminho tão estreito, só se fosse o BE aliado ao PCP é que faziam diferença com o que aí vem.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.