Sócrates e a TVI . Quem está a mentir?

Hoje, na Sábado revela-se, em todo o seu esplendor, o desconhecimento de Sócrates quanto ao que se passava na TVI. Desde telefonemas directos para os jornalistas da redacção, às pressões sobre os administradores.

Convidou Eduardo Moniz para almoçar, almoço que durou duas horas e no qual devem ter falado sobre “o perigo de calar vozes independentes”. As pressões eram de tal ordem que se sabe hoje que o Pina Moura, então Presidente não executivo da Media Capital, abandonou o lugar incapaz de suportar a controvérsia.

Ora José Sócrates garantiu que nos últimos quatro anos e meio estivera apenas uma vez, em 2005 com representantes da Prisa e nem sabia quem eram os administradores. Pelo meio discutia-se a atribuição da licença do canal TVI24 que não avançava, o que, evidentemente, não era mais que uma coincidência.

No meio disto tudo, convem não esquecer que antes deste afastamento de Moura Guedes, a jornalista já estivera largos meses afastada da apresentação dos jornais informativos, esta é, pois, a segunda saída do ar da pivot.

Na tentativa de compra por parte da PT, quem esteve envolvido foi o administrador e militante do PS, ex-conselheiro nacional do PS, Rui Pedro Soares que se deslocou nos últimos tempos duas vezes a Madrid para ultimar o negócio. Negócio desconhecido por Sócrates e abortado por ele quando percebeu a celeuma que vinha a caminho

Fica claro que nada disto tem a ver com as notícias e a investigação do processo Freeport e que Sócrates não conhece nem nunca falou com gente da Prisa e da redacção da TVI.

Mais uma vez. Quem mente?

Comments

  1. Bué da Fixe says:

    Quem mente?Ora essa, o mesmo de sempre, o falso engenheiro.E há alguma surpresa nisso?