A Rita, Sócrates e o Aventar

Foi a Rita que deu o sinal. No chat do Aventar lançado para o debate entre José Sócrates e Francisco Louçã, Rita apareceu com uma frase onde dava a indicação de estar o líder do PS a portar-se bem. Um aventador João José Cardoso recomendou-lhe, de forma humorada, que mudasse de canal. Rita não assimilou a frase pela via humorística e tomou uma decisão. Se naquele chat só se podia falar mal de Sócrates ela ia pregar para outra freguesia. E foi. No chat não apareceu mais.

socrates1009

No mesmo chat e nos post de comentários acerca do debate, Louçã era apontado, no final, como claro vencedor do debate.

Nos dias seguintes a generalidade dos comentadores dos jornais indicava Sócrates como o vencedor e apresentava, como uma das razões, ter passado ao ataque e colocado o temível líder do Bloco de Esquerda à defesa e sem capacidade de lançar o contra-ataque. Se ganhou votos não o saberemos, mas pode não os ter perdido naquele que seria, à partida, o debate mais perigoso, com pouco a ganhar e muito a perder. Segurou-se.

No Aventar, Sócrates perdeu. Por muitos. Não é difícil perceber que neste blogue há uma esmagadora maioria de anti-Sócrates. Terão as suas razões. Respeitáveis, claro. Eu, que não sou pró mas também não sou anti, registo apenas que, muitas vezes, os nossos rancores acabam por nos toldar a análise. Também já me aconteceu.

Comments

  1. Ricardo Santos Pinto says:

    Sou anti-Sócrates, mas teria todo o prazer em me tornar, a partir das 20 horas do dia 27 de Setembro, anti-Manuela Ferreira Leite. E aí, podes crer, arrumaria José sócrates no lugar em que deve ser arrumado: um pequeno rodapé da nossa história.Só te esqueceste de dizer que a maioria dos que disse que José Sócrates ganhou o debate são pró-Sócrates, toldados por algo bem mais negativo do que o rancor (palavra tua e bem feia por sinal): a ganância e o lambecusismo. Pudera! Se tivessem convidado apenas gente da Esquerda, não verias ninguém a dizer que Sócrates tinha ganho o debate. Quanto a mim, não é rancor. Só não gosto de vigaristas, que fazer?

  2. Bué da Fixe says:

    Mas é possível não se ser “pró” nem “anti” Sócrates?Como?

  3. isac says:

    Claro que perdeu! E por uma razão muito simples e fácil de perceber: quando não se tem argumentos, ou não se quer falar neles (neste caso do Sócrates o facto de ter claramente uma política de direita e ao mesmo tempo apregoar uma política de esquerda), a única saída passa por pegar nos argumentos dos outros e tentar destruí-los. No caso do BE até é muito fácil. Basta pegar nos extremismos de esquerda e mostrá-los para amedrontar a populaça. Nacionalizações e afins. E até me admira que Sócrates não tenha pegado em questões do tipo “o que é a propriedade privada” para o BE e as raízes no antigo e revolucionário PSR.

  4. Ricardo Santos Pinto says:

    És um rancoroso, ó Isac.

  5. Luis Moreira says:

    José, que o pessoal não foi tão isento quanto costuma ser 🙂 acho que tens razão, não pelo Sócrates,, como queria dizer a Rita, mas pelo Louçã que deu o flanco,infantilmente. Rancor não tenho porque ele não tem nada que eu queira mas que ele é um grande mentiroso, e eu não gosto de mentirosos, lá isso é verdade.Abraço


  6. Simples, basta não ter preconceitos em relação aos políticos e procurar observar a sua acção dentro daquilo que eu próprio faria. Há muito que faria como Sócrates. Há muitas outras coisas que não faria.

  7. isac says:

    Não sou rancoroso. Mas acho que há na questão do BE algum equívoco. Enquanto é pequenino “deixa-os estar” para se entreterem a brincar com manifestos revolucionários e posições anti-europa, mas agora que cresceu e ainda vai crescer mais, é que se lembram de ver quais são as políticas do BE?


  8. Por acaso, caros amigos, desculpem ser desmancha-prazeres mas sou dos que acha que o Sócrates ganhou o debate e por muitos.Desde logo, piscou o olho ao eleitorado do centro que do Louçã não tem medo, é mesmo pavor! Por outro lado, agradou ao eleitorado socialista moderado e, por fim, demonstrou que anda, finalmente, a estudar os dossiers. Tarde mas anda.Em suma, discordo dos que pensam que Sócrates perdeu o debate, pelo contrário, penso que foi o debate que marcou a sua vitória no dia 27, basta não perder com MFL e já pode cantar vitória.Agora, é claro que o Louçã ganhou pontos no seu eleitorado tradicional e, graças aos constantes desastres de Jerónimo, segue para um resultado histórico.Aproveito para deixar o meu palpite, nesta altura, para o dia 27:PS – 39,5 A 41,5%PSD – 33 a 35%Bloco – 10 a 12%CDU – 8 a 9%CDS – 7 a 8%Um palpite que será revisto na última semana de campanha.

  9. Ricardo Santos Pinto says:

    Mas há aqui um equívoco. Nós não temos obrigação de ser isentos, porque não somos jornalistas. Já aqueles que comentaram a entrevista nos jornais e televisões, esses sim, tinham obrigação de ser mais isentos do que foram.


  10. VOCÊS SÃO É UNS ANJINHOS….FUI O 1º E AGORA O ÚLTIMO A DIZER O MESMO: OBVIAMENTE, QUE POR MUITO QUE EU NÃO QUEIRA, E NÃO É BEM «GANHAR OU PERDER» MAS SER E TRAZER O AR DE VITORIOSO MAIS CONVICENTE E SEGURO, O FILME QUE GANHOU OS ÓSCARES, O ACTOR QUE DESEMPENHOU MELHOR O PAPEL..FOI SEM DÚVIDA O MONSTRO…MAS SEM QUALQUER DÚVIDA…E ACRESCENTEI ALGO MAIS SEUS «ESQUILOS DE ÁGUA DOCE»…O Louçã, infelizmente pareceu-me como que se a preparar para «fazer a aliança» futura..e também te perguntei Ricardo..se o VENENO ganhar pensas que é melhor um PS sózinho ou com um PC que o estabilizaria, ou um PS/BE que ao menos o adoçaria..ninguém respondeu…O Louçã suavizou o ataque…MAS HÁ AINDA A ESPERANÇA, COMO NAS EUROPEIAS DO PS PERDER TEMOS DE ACREDITAR QU EELE POSSA PERDER….o povo, os FP esses já perderam há muito e continuarão! NO doubt in thatthe show must go on..dalby

  11. Ricardo Santos Pinto says:

    Seria bom de qualquer maneira, Dalby – com o PCP ou com o BE, o PS não faria o que queria. Mas continuo a pensar que Sócrates se alia mais depressa ao CDS do que à Esquerda.


  12. VEREMOS! SE GANHARES TENS UM JANTAR PAGO EM CESAR (NÃO SE LÊ ‘CÉSAR’ MAS ‘CESÁR’) VALE CAMBRA NO LINDOLFO, MAS SE EU GANHAR, PAGAS TU, MAS QUEM GUIA SOU EU ..DEVIDO À CERVEJOLA A MAIS!dalby

  13. Ricardo Santos Pinto says:

    Eu sei como é que se lê Cesar.


  14. RICARDO CORAÇÃO DE LEÃO, OU MAIS RESUMIDAMENTE, «O LETAL DE RIO TINTO»!!! Foi só uma ajudinha, Oh Boss, porque o nome mais normal é ‘César’…JÁ SEI QUE NÃO GOSTAS QUE EU TE ENSINE, AQUI O «BOM» PARA O «SUFICIENTE»!!!Porque será que quanto mais o Porto de torna uma cidade referência para a noite cheiinho de bares e começando a explodir de gente na noite(tudo o que sempre quis), eu apetece-me cada vez mais fugir daqui? Mais velho, simm, mas não sinto ser essa razão..ohhhh…dasss……Bem, chegou uma das minhas duas escravas (mulheres a dias, Cândida e Sofia) ..vai-me fazer um franguinho e depois lá vai o pobre dalbito de carro até ao Furadouro, pegar na bicicleta que lá tenho e vou até ao Torrão do Lameiro de ^«VÉLÔ», depois lanchar de Velô, à confeitaria da Torreira, pela beira da Ria de Aveiro, depois volto com o vento contra mim, o sol… e ouvindo nos meus MP3’ que a Martine me ofereceu, os Mecano ‘Mujer contra mujer’ e outros…e depois deixo novamente no meu amigo da pastelaria a bici que ma guarda na garagem a minha nova paixão my bike!!! bici,vélô!!! e depois volto para o Health Club Gimnasius Paços Brandão, fazer uma piscina que me alivia os musculos, um jaccuzzi quentinho, e um delicioso banho de vapor Banho turco…depois venho jantar com O Wilfried, à Maria Rosa, uns bons panadinhos (atenção à entrevista que ele deu ao Público, que vai hoje ao ZOOM tirar fotos), e logo mais tarde, depois de um video que o victor me empresta do video club aos montes e por semanas, vá talvez ao ZOOM, não sei..amanhã com primo e um amigo algarvio vamos para O ÉDEN NA TERRA, ‘PLAYA DE BARRA’ ARREDORES DE VIGO, onde milhares de avós, avôs, natinhos mulheres, grávidas tudo nú mesmo nos cafés tudo nu e à vontade se passeiam…depois um jantar e nightlife de vigo, que adoro…….e segunda buscar a mãe às termas….enfim..VIDA DE POBREPOETAdalby fan total de ana tojorra: (AH JODER JODERrrr, MADRID TE ECHO DE MENOS, MI MADRID MÁGICA ME VUELVO LOCO SIN TI, MADRID, TE AMO LOCAMENTE, PERO NO SÉ VIVIR LEJOS DE OPORTO, OPORTO MI AMOR MI ÓDIO MI VICIO MALDITO!!!) http://www.youtube.com/watch?v=-_yCNhw3TCMhttp://www.youtube.com/watch?v=pBSWJ6KGDV8

  15. M. Abrantes says:

    O equívoco é teu, Ricardo. Todos temos a obrigação de tentarmos ser isentos quando emitimos opiniões para os outros ouvirem ou lerem. O problema é que ser isento, com a pureza que a própria palavra parece impor, é difícil. E parece-me desculpável, e até inevitável, alguma falta de isenção em comentários a quente.


  16. não sei quem é este Abrantes mas, de repente, pareceu-me a versão tipo. «AH O PAPa AULO XX CHEGOU PESSUAU»!!!

  17. Ricardo Santos Pinto says:

    Acho que não, Mário. Um blogue não passa disso mesmo – um blogue. Um diário de sentimentos e opiniões pessoais. Não procuro a objectividade nem o rigor quando estou a dar a minha opinião. Se fizer um trabalho de investigação, aí sim, devo ser rigoroso. Grave é aqueles que, sob a capa da isenção jornalística, tentam manipular e dão uma imagem de isenção e de rigor sem na realidade o serem – nem isentos, nem rigorosos. Eu não engano ninguém, já todos sabem a minha opinião.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.