SERÁ QUE TENHO UM PROBLEMA POR PENSAR CONSTANTEMENTE EM SEXO?

“Será que tenho um problema por pensar constantemente em sexo?
É uma pergunta que faço a mim mesma de hora a hora. Com certeza nem todas as mulheres pensam constantemente em “comer” alguém. Será comum outras mulheres olharem para as braguilhas dos homens quando andam na rua? Será que a maioria das mulheres avalia se todos os homens que conhece são “papáveis”? Realmente não sei. Quem me dera saber.”

A mensagem de Abby Lee aos leitores portugueses (com tradução em baixo):
“Sex is international; sex knows no boundaries; sex is the universal language we all speak. I have written about sex because I think the female perspective on it needs to be heard: women like sex just as much as men – and we are no longer ashamed to say so.

I hope this book will resonate with other women because they will relate to my thoughts, feelings and experiences about sex. And I hope that men will enjoy the book too, because they might learn just what it is that women think about, when it comes to sex – and as we all know, it certainly isn’t shoes or shopping…”
“O”O sexo é internacional e não reconhece limites. O sexo é a linguagem universal que todos falamos. Escrevi sobre sexo porque creio que a perspectiva feminina tem de ser ouvida: as mulheres gostam de sexo tanto como os homens – e já não temos vergonha de o dizer.
Espero que este livro tenha eco noutras mulheres e que elas saibam relacionar-se com os meus pensamentos, os meus sentimentos e as minhas experiências com o sexo. E espero que os homens também tenham prazer com o livro, aprendendo com ele em que é que as mulheres pensam de facto quando é de sexo que se trata – e, como todos sabemos, não é certamente em sapatos e em compras…”

Links importantes:
Para saber mais sobre Abby Lee – http://onetracktest.blogspot.com/2006/09/background.html.
Para ler o artigo da Wikipédia: http://en.wikipedia.org/wiki/Girl_With_A_One-Track_Mind
Para ler o blogue: http://www.girlwithaonetrackmind.blogspot.com/

Belina Moura

Comments

  1. maria monteiro says:

    Verdade verdadinha quem pensa constantemente em sexo tem mesmo algum problema… e nunca saberá viver nem tão pouco envelhecer

  2. isac says:

    ó maria, não se chateie muito com a rapariga. Isto são televendas só que de livros. o sexo vende sempre. sempre foi assim e sempre será.

  3. Belina Moura says:

    Na verdade, maria, não entendeste nada da mensagem da Abby Lee…Pois, com certeza que nem todas as mulheres pensam constantemente em “comer” alguém, mas isso DO MESMO MODO como nem todos os homens pensam constantemente em “comer” alguém! E o oposto também é REAL, baby!!!É pena que no século XXI ainda hajam mulheres a usar cinto de castidade… nos miolos! E lá colocado por elas mesmas!

  4. Belina Moura says:

    Ainda estou para ver o dia em que a Mulher acorde, de facto, qual Abby Lee, ou Ana Anes, que assuma a sua sexualidade e que páre de ser mais machista do que os próprios machistas que até já quase nem existem! E os que existem mantêm-se vivos em prol desse culto à “diferença” entre os sexos, mal posicionada e mal interpretada! E só existem por ainda haver mulherzinhas destas que não os deixam morrer!!!

  5. isac says:

    Ei! Coitados dos machistas. Não concordo que se queiram acabar com eles. São uns moços simpáticos, cheios de pelos no peito, a cair para o idiota, com pilas e cérebros pequeninos. Não se deve maltratar quem é deficiente…

  6. Belina Moura says:

    Mas olha que eu até adoro pelos no peito, aliás todos bem peludos. eheheheheh

  7. Belina Moura says:

    eheheheheh

  8. Belina Moura says:

    Venho agora fazer aqui propaganda, não aos 4 Cs mas sim aos 5 Cs de um homem, por entrada:cheiro, charme, carisma, classe e c… Sem isso, nada feito. Eu assumo.