Ó, atrás vai vazio!

Aos anos que não ouvia esta frase.
Depois de um de vós me dizerem a que se refere esta frase, continuarei com o «post»…

Comments

  1. Belina Moura says:

    Quando os portugueses estão à espera de um autocarro há imenso tempo e de repente este chega, entram todos mas alguém diz que o autocarro de trás vem vazio, porque geralmente chegam logo dois ao mesmo tempo, e com o mesmo destino, e o pôbinho entra logo a magotes no primeiro e nem olha para trás!Será isso?


  2. Procurei no «Grande Livro dos Provérbios», de José Pedro Machado, e no «Livrodos Provérbios», de Salvador Parente – obras que, além de provérbios, registam muitos ditos populares. Nada. Por outro lado, é uma expressão que, eu que já ando por cá há muito tempo, nunca ouvi. Vivi em Trás-os-Montes, no Norte do Ribatejo (Sul da beira-Baixa) e vivo na região saloia. Também não é um dito típico de Lisboa. Enfim, um mistério. A explicação da Belina Moura faz sentido.

  3. Luis Moreira says:

    Nunca ouvi e se o Carlos não conhece isto deve tratar-se de uma jogada publicitária do todo poderoso “r”.

  4. Belina Moura says:

    Mas foi uma explicação muito simplista, acredita que foi a primeira coisa de que me lembrei. E escrevi a minha versão actual dessa frase, pois já a ouvi inúmeras vezes nas paragens de autocarro do Porto. Mas essa expressão deve ser muito antiga, do tempo em que nem haviam autocarros, não é, Ricardo?

  5. maria monteiro says:

    alguém que se passa por aquilo que não é, que se julga superior aos outros, que se julga o melhor e o mais esperto, alguém que está acima de qualquer suspeita mas que… atrás da sua própria imagem há um vazio de tudo… até de pessoas

  6. carlos ferreira says:

    O autocarro aparentemente está cheio, na entrada junto ao motorista “tá tudo a monte”, parece que não cabe mais ninguém até que alguém, que ainda está cá fora na fila sem conseguir entrar diz: “Ó, atrás vai vazio!” que é como quem diz, “arrumem-se bem lá para trás que nós aqui fora também queremos entrar”.


  7. TODO PODEROSO PORQUE eu ando em retiro Dalailâmico, porque após eleições eu regresso em lantejoula diamantina estilo broche lamé Van Cleef, que o Bokassa de Red River será e ficará reduzido , FINALMENTE, ao que ele (só) É..um kêzêpê…A VINGANÇA DE TORMES-PART ONE I brevemente e a arrebentar aqui…zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz


  8. […] «post» publicado hoje, peço que os nossos leitores me expliquem o significado daquela frase. Posso dizer […]