FUTAventar – Paulo Bento parte do problema

Se a equipa do Sporting após quatro anos com o mesmo treinador e os mesmos jogadores, mesmo não tendo vencido quase nada ( uma Taça, um segundo e terceiro lugares, razoáveis prestações nas Europeias ) apresentasse agora uma equipa forte colectivamente, com um naipe de jogadores que desse garantias individualmente, tudo se compreenderia.

Mas não é assim ! O que se vê é que os jogadores jogam como nunca tivessem treinado entre si ( dá a impressão que se juntam ao jantar, antes dos jogos), o jogo é feio, feito de bolas para trás e para os lados, a circulação da bola não se faz com rapidez, não há desenvolvimentos verticais, a bola dura uma infinidade antes de chegar lá à frente.

Então o que faz a estrutura dirigente no clube? Em quatro anos não conseguiram encontrar soluções financeitas e técnicas para poderem comprar os jogadores certos? Ou estão a aceitar que o Sporting deixe de ser, definitivamente, um dos três grandes?

Após os “negócios” com terrenos, construção, velho estádio, novo estádio, academia, habitação, Alvaláxia, o resultado é um clube sem dinheiro, sem equipa, sem património e com um enorme passivo? Alguem responde ? E quem manda no clube são os bancos ? Ninguem sabe nada?

É, assim, tão dificil comprar um jogador de grande nível para jogar no centro da defesa, o que elevaria de imediato o nível de todos os outros defesas, incluindo o guarda-redes? E um jogador tipo “ninja” que deixaram ir embora, para poderem pagar milhares de contos a quem não marca um golo?

O Manuel Fernandes, grande sportinguista, já os ofereceu ! Estão no União de Leiria , e estarão em muitos outros lugares mas como não há quem veja, fiquem-se por quem sabe e está tão perto!