FUTAventar – dia estranho ou daltonismo futebolistico?

Há dias assim no futebol. Dias estranhos.
Ao fim da tarde dou por mim em frente ao PC a ver o DinamarcaSuécia. À velha pergunta “Quem queres que ganhe?” facilmente respondia, os de vermelho! Até aqui, tudo normal.
Depois, segue-se o jogo na catedral. Nada de estranho a assinalar – sou pelos de vermelho… até que vejo lá o Liedson. Sim. Esse, o Levezinho… e vestido também de vermelho. Pensei que a coca-cola do jantar teria álcool a mais, mas não. Confirma-se: o Levezinho que gosta tanto de marcar na luz, estava vestido de vermelho… na Luz!

Simão e Liedson

Mas, as surpresas não iriam ficar por aqui. Volto ao PC para ver o Argentina – Peru: um jogo também decisivo para a equipa de Maradona.
Tradicionalmente vestida de azul e branco às risquinhas… E eis que Aimar (15) e DI Maria (7) aparecem no onze inicial vestidos, imaginem car@s leitor@s, de azul e branco. Que mais me irá acontecer?
Assistência de Aimar, golo da Argentina. O Peru empata ao minuto 90 e depois é ligar as colunas e ouvir a festa Argentina… vestida de azul e branco.
Há dias estranhos.

Deixar uma resposta