Noite eleitoral: Vencedores e vencidos

Numa análise breve, que a noite eleitoral vai longa e eu só a pude acompanhar aos bochechos por causa de uma otite que o meu cão tinha de apanhar hoje, o PSD ganhou as eleições. Teve mais Câmaras Municipais, ganhou. Ponto final. Pode vir o outrora independente Miguel Sousa Tavares dizer o contrário, mas não é verdade.
Independentemente disso, é verdade que o PS conseguiu um excelente resultado. Conquistou mais Câmaras e mais votos em relação a 2005 e ficou muito perto do PSD. E conquistou Lisboa, a mais importante das Câmaras.
Quanto aos Partidos mais pequenos, o Partido Comunista continua a segurar-se e a ser um bastião autárquico. Já para o Bloco de Esquerda, foi a «débacle» total, sobretudo para quem vinha de resultados tão bons nas Legislativas. O mesmo se pode dizer do CDS.
Em termos individuais, António Costa é um grande vencedor, mas Santana Lopes, tendo em conta as condicionantes, fez um bom resultado. Rui Rio é de novo vencedor e Elisa Ferreira a derrotada esperada. Já deve estar a equipar de novo a casa de Bruxelas.
E por hoje só dá isto. Amanhã há mais.