Há tempestade no horizonte

O Dubai anda com uma mão atrás e outra à frente, vale-lhe pertencer aos Reinos Árabes Unidos que podem muito financeiramente, e não o deixam cair. Muitos investimentos públicos, muitos serviços financeiros e de lazer, muita economia de casino, uma dívida colossal que não consegue pagar.

Agora está aí a Grécia, com uma dívida maior que a nossa, sem indústria e agricultura que dê consistência à sua economia. Vive dos serviços, turismo e pouco mais. Se a Grécia não se aguentar no euro quem se perfila a seguir? O paraíso socrático!

A UE não vai deixar, porque isso seria uma machada no Euro e na coesão da UE, mas a situação da Grécia, não pode deixar esquecer a Islândia cheia de serviços e que tambem anda com uma mão à frente e outra atrás. E a pedir para entrar no UE!

Portugal está numa situação muito pior que a que nos pintaram nos últimos quatro anos. O déficite está nos 8.7%, a dívida nos 100%, o crescimento é abaixo de zero, o desemprego está acima da barreira mítica dos 10%.

E é nesta situação que querem construir o TGV, autoestradas e outros megainvestimentos, com recurso à dívida externa que não conseguimos pagar. A notação financeira de Portugal já baixou para medíocre o que quer dizer que os investidores olham para o país como potencialmente, incapaz de cumprir e, como sinal que o dinheiro, se o emprestarem, vai ser mais caro. Mais risco de incumprimento, mais caro!

Como é que se paga a dívida se não crescemos? Criar riqueza é que é o ponto, pedir dinheiro emprestado e fazer obras de betão todos fazem. Todos andam preocupados menos o Primeiro Ministro que, qual tolinho, salta de alegria no meio dos escombros…

Comments

  1. “Todos andam preocupados menos o Primeiro Ministro que, qual tolinho, salta de alegria no meio dos escombros…”

    Mas ele não sabe fazer mais nada, coitado, logo …

    O TGV sempre dará jeito na hora de fugir.

    E o país vai ao fundo, mas vai em banda larga (LOL)

  2. maria monteiro says:

    No sábado o pendular Lx-Braga das 14h partiu com lotação esgotada; no domingo quase que esgotou o Braga-Lx das 16… cada vez mais pessoas utilizam o comboio para as suas deslocações e durante as viagens vão-se ouvindo muitas vozes a favor do TGV

  3. Luís Moreira says:

    Sim, com o TGV ganham 15 m de Lisboa ao Porto e isso custa milhões, mas ao menos esperem que a situação melhore. Ou não temos que comer e andamos de porche?

  4. daniela l. says:

    Ora, que tem a ver uma coisa com a outra.Sem TGV é o atraso. E se não há capital, há que buscar fora. Sempre faltou capital a Portugal e Espanha. Á Itália não,por exemplo. Lá falta investimento externo. Quanto à Grécia, sua renda per/cápita é superior à portuguesa e hoje maior que da Itália e Bélgica. Pòrtugal sempre subestimou o turismo. Vivo entre Candá e Brasil e vejo a invisibilidade total do turismo em terras lusas. Opção pelo atraso é o pessimismo esquerdista. Se há chuva, há que se usar calçados adequados.

    Saudçs.,Daniela

    • Luís Moreira says:

      Pois, Daniela, o problema é que Portugal, para além de não ter dinheiro, não tem espaço nem passageiros para o TGV.

  5. daniela l. says:

    …errei em Canadá…

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.