Saudades de S. Paulo

Sampa é o cheiro a álcool dos tubos de escape. Sampa é a baiana arrependida de ter deixado a Baía e que vende água de cana na rua.  Sampa é a avenida Paulista a vibrar sob os nossos pés.

Sampa tem cheiro a suor, a amêndoa frita, a etanol. Sampa é negra, índia, alemã, japonesa, lusitana. Sampa é a filha de índios que vive na favela e a quem nunca fizeram uma foto. Sampa é o casal de namorados, branco e negra, sob as árvores do centro cultural, lá na rua Vergueiro.

Sampa é a vertigem da vista do alto do Banespa, onde a imensidão da cidade nos devora. Sampa é pão-de-queijo, é padaria de português de Trás-os-Montes.

Sampa faz as quatro estações no mesmo dia. Sampa é dura e terna.  Sampa é o paraíso de Ibirapuera e o purgatório do Jardim Ângela.

Em Sampa não existe nada entre a Ipiranga e a avenida São João, só turista babaca tirando foto. Sampa é a salva de tiros para o ar para festejar a vitória do Santos. Sampa é o moleque de rua saudando o outro: E aí, bicho?

Sampa é tudo o que os braços e as pernas conseguem abraçar, e tudo o que nesse abraço se perde.

Sampa é vida. Caótica, ruidosa, suada, palpitante.

Comments


  1. Belo retrato. Não te fazia pelos Brasis. Boas férias.

  2. carla romualdo says:

    Por acaso nunca lá estive em férias, e bem gostava. E já não vou lá há muito tempo, as saudades são mesmo a sério, não é fingimento. E às férias nesta altura, amigo Adão, ainda as vejo por um canudo

  3. Luis Moreira says:

    Grande e imenso imagem que o Rio não transmite. Pior foi a primeira vez. Debaixo de uma tempestade furiosa, sem combustível para voltar para o Rio, só à oitava tentativa o avião aterrou. Mas Carla, é bem verdade que pode ser visto como tu descreves.

  4. Pedro says:

    Uma das minhas letras preferidas -entre tantas- de C.V.

  5. maria monteiro says:

    Nunca fui ao Brasil, são demasiadas horas de voo… fico-me pela magia da música, das palavras, da voz de Vinicius, Bethânia, Gilberto, Caetano, Jobim, Chico, Gal, Elis e tantos outros

    sei que não é a mesma coisa mas … a bênção amigos

Trackbacks


  1. […] This post was mentioned on Twitter by Blogue Aventar. Blogue Aventar said: Saudades de S. Paulo: Sampa é o cheiro a álcool dos tubos de escape. Sampa é a baiana arrependida de ter deixado a… http://bit.ly/9mFyst […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.