O "escândalo"

O governo britânico pediu hoje desculpa ao Vaticano pela redacção de um documento oficial, interno, do Ministério dos Negócios Estrangeiros, em que se sugere que a visita de Bento XVI ao Reino Unido, em Setembro próximo, seria ideal se incluísse a inauguração de uma clínica de interrupção da gravidez, se abençoasse um casamento homossexual, se fizesse o lançamento de uma marca de preservativos e de uma linha telefónica de ajuda para menores vítimas de abusos de sacerdotes pedófilos.

O arcaico e retrógrado Vaticano ficou profundamente escandalizado e foi aos arames.

Eu pergunto: será maior este “escândalo” ou o escândalo de violar uma criança? Duas crianças? Milhares de crianças?

Comments

  1. Dario Silva says:

    Violar uma criança não é um escândalo. A julgar pelo caso recentemente ocorrido em Braga, um crime contra a infância não é mais grave que uma multa de estacionamento.
    Dois anos de violação de uma criança (indefesa por natureza) dá direito a uma multa de 35.000 eur.

    Assim, é fácil fazer as contas para apresentar ao chefe de estsado do Vaticano: número de violações a dividir número de vezes mais juros de mora igual a alguns milhões de euros e siga a festa. Portanto, barato.

  2. Luis Moreira says:

    Esta decisão do tribunal envergonha -nos! Se fosse preciso está aqui a prova que a pedofilia não é considerada um crime grave!

  3. maria monteiro says:

    mas se o Vaticano demora 40,… 400… 500 anos a pedir desculpas …
    pode ser que os nossos juízes peçam também desculpa daqui a 40 ou 500 anos … afinal somos um país de católicos

Trackbacks


  1. […] This post was mentioned on Twitter by Blogue Aventar. Blogue Aventar said: O “escândalo”: O governo britânico pediu hoje desculpa ao Vaticano pela redacção de um documento oficial, interno,… http://bit.ly/cMCzSP […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.