A leveza da idade em Almeida Santos

A propósito da notável iniciativa de fechar a Assembleia da República às sextas-feiras, disse o veterano Almeida Santos:

Os deputados têm a sua vida profissional, não se paga aos deputados o suficiente para eles serem todos apenas deputados, sobretudo quando são profissionais do Direito ou fora do Direito. Um advogado que tem um julgamento, não pode estar na Assembleia e no julgamento ao mesmo tempo. Há justificações para as faltas.

A senilidade a este deu-lhe para a incontinência verbal com a tendência de urinar para  a verdade, e numa semana em que Cavaco regurgitou a reforma que andava a ruminar, decidiu competir. Isto é obra. Não lhe metam uma fralda na boca e depois digam que insultar deputados é populismo.

Comments

  1. marai celeste ramos says:

    Está bonito no retrato. Quem pagou ???

  2. MAGRIÇO says:

    Já não é a primeira vez que este senhor nos brinda com tiradas infelizes que rondam o insulto à maioria dos cidadãos: há uns anos teve a insanidade de dizer que os deputados ganhavam tão mal que a ele nem para os charutos chegava. Outros têm necessidades mais prosaicas mas indispensáveis à sua sobrevivência e não ganham uma parte do seu rendimento. Isto de não se conseguir ver para além do próprio umbigo é de uma enorme miopia social. E é por o PS estar minado de Tartufos como ele que não consegue convencer.

  3. Tiro ao Alvo says:

    Eu sei que este senhor está senil. Mas, também sei, que quando as pessoas estão senis, confessam, muitas vezes, pecados que cometeram ao longo da vida que andaram a esconder. Aqui está um caso de alguém que se dizia socialista mas que apenas pensava em si e nos seus. Como muitos outros, uns que nós já conhecemos e outros que só conheceremos quando estiverem senis…


  4. Sou a favor do tele-trabalho: poupa-se em carros de serviço, em portagens, em gasolinas e os srs. advogados podem despachar os decretos directamente dos seus gabinetes.

    No fundo, simplex.


  5. http://inovacaoeinclusao.blogspot.com/2007/05/almeida-santos-sobre-ota.html

    argumentação para defender um tacho:

    Almeida Santos em defsa do aeroporto da OTA

    Um aeroporto na margem sul tem um defeito: precisa de pontes. Suponham que uma ponte é dinamitada? Quem quiser criar um grande problema em Portugal, em termos de aviação internacional, desliga o Norte do Sul do País» (Lusa via RTP Online, 24.5.2007

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.