Vai viver um ano com o salário mínimo e depois conversamos: Vítor Bento

“Importa proteger o talento, remunerar o talento. Há um caminho perigoso do igualitarismo, que defende que todos devemos ser igualmente pobres, que hostiliza a diferenciação remuneratória”, afirmou Bento durante um colóquio sobre diplomacia económica promovido pela comissão parlamentar dos Negócios Estrangeiros. in Público

Em 2010 Vítor Augusto Brinquete Bento recebeu 450 000 euros como presidente do conselho de administração da SIIBS. Como andou pelo Banco de Portugal é provável que tenha tido mais diferenciações remuneratórias. No Conselho de Estado substitui Dias Loureiro, outro grande combatente contra o caminho perigoso do igualitarismo.

Comments


  1. O caminho perigoso do igualitarismo… só falta dizer porque é que é realmente perigoso. À primeira vista dizer que se tem que recompensar o talento até parece fazer sentido, mas quem se esforça e luta diariamente com um emprego precário e recebe um salário miserável esforça-se menos do que “talentosos” como Vítor Bento? O homem do lixo, o carteiro, o bolseiro, o professor, decerto serão milhares de vezes menos talentosos que este senhor.


  2. Eu, por exemplo sou muito menos talentoso: não ando a assaltar o comércio com as taxas do multibanco, por acaso das mais altas da Europa.

  3. Nuno says:

    Essa do “passarmos a ser todos pobres” é tão demagógica. Vítor Bento esquece que só há pobres porque há ricos, e que, numa situação de igualitarismo, tanto um como outro deixariam de existir. Ao invés, haveria uma gestão colectiva que possibilitasse uma vida digna a todos, e sem exploradores como esse tal

  4. kalidas says:

    Nem Maquiavél conseguiria ser, tão maquiavélico.


  5. Há quem tenha talento para manipular a opinião dos mais incautos… Mas, sinceramente, este senhor leva longe de mais a sua argumentação…

  6. Jorge Anyous says:

    Todos vamos morrer um dia.E aí não há ricos nem pobres.Tenho pena desta personagem.


  7. Este também vai no bom caminho…As taxas escandalosas que a sibs nos cobra nas operações, serão uma perigosa forma de igualitarismo? Ou uma forma criativa de permitir esta anunciada diferenciação remuneratória?


  8. Quanto é que cada um de nós pagou para esta entidade “butar faladura” no colóquio?
    Atingiu-se o limiar da decência. Primeiro foi o Aníbal, depois Coelho a confirmar que “todos” temos de fazer sacrifícios, agora este…. Não vai ficar por aqui. É necessário normalizar estas ofensas ao povo português.

  9. kalidas says:

    O sr Bento devia era estar pronto para demonstar, face à situação a que chegamos, da validade da intuição do sr Adam Smith, o seu ideólogo, ao afirmar que os indivíduos na busca dos seus interesses próprios, promovem os interesses da sociedade no seu conjunto.

    O seu interesse e os dos seus pares já vi que promove, e os da sociedade no seu conjunto? Não consegue provar pois não? Mas a teoria só serve para benificiar os teóricos?
    É por isso que debita aquelas considerações perfeitamentas adequadas, tendo em vista o seu aconchego. De facto o sr Bento ainda continua naquela fase da busca do seu interesse próprio. Do outro, da sociedade no seu conjunto, nem sentado vale a pena esperarmos.

  10. marai celeste ramos says:

    Eu também acho que o igualitarismo é perigoso – quem quer ser igual a Bento ?? mas se já há tantos iguais a ele, o que é que quererá dizer e com quem andará – prepara-se para substituir quem Constancio ou Lagarde ??


  11. O salário mínimo tem uma coisa de bom: não é penhorável pelo tribunal!
    Por isso, quinhenteuristas, façam dívidas, não paguem a ninguém!
    Depois vai rebentar por algum lado.


  12. O que eu gostava mesmo era de saber em que é que este senhor contribuiu, mais do que eu, para o sucesso da SIBS… Não me lembro do nome dele quando fiz as apresentações (em papel, não havi ainda powerpoint…) para explicar as vantagens do «nosso» sistema face aos da concorrência, no idos de 1982/83… Quando a SIBS estava a nascer.
    Ou então se depois dele assumir a direcção da SIBS esta melhorou (e em que grau) a sua eficácia e eficiência como empresa.
    Só curiosidade, claro…

  13. Miguel says:

    Sinceramente não compreendo a critica que todos fazem às afirmações do homem. Afinal, se tenho uma grande responsabilidade no meu trabalho e deixar de receber por isso, prefiro ter uma profissão de menos responsabilidade e ganhar o mesmo. O trabalho difícil que fique para outros.

  14. Zacarias Silva says:

    Este senhor não ganhou 450.000 euros anuais em 2010 mas sim 495.000 euros como se pode verificar no site da SIBS! E quem foi a alminha que lá o colocou na SIBS? Adivinhem? Foi Pina Moura! Hurrahhh!


  15. Zacarias, não foi isso que li no relatório de contas que linkei. Embora o menos importante sejam esses 45 000.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.