Troika a obedecer!

troika passos coelhoA mal-avinda troika estará, a partir de hoje, uns dias em Lisboa. Vem em nova missão de vigilância do comportamento do governo português, no cumprimento do ‘memorando de entendimento’.

Podem estar tranquilos os homens do FMI-CE-BCE. Quando ordenaram: “Troika a obedecer!”, PPC e sua equipa arrancou com extremo zelo para uma caminhada de cega disciplina e, ainda mais!, até excedeu o programa. Tomou – e continuará a tomar! – medidas de austeridade para além do que havia sido estabelecido no nefasto memorando.

A imagem é ilustrativa da postura de meninos obedientes; no caso, Passos Coelho e o assessor Moedas. O gesto é tudo, como sói dizer-se.

Passos Coelho, de resto, faz-me lembrar o irmão, entre irmãos, que faz questão de transcender o exigido por austeras ordens paternas. Não por respeito, mas como actos de cínica subserviência que lhe rende o proveito do filho preferido.

Entre irmãos, é um comportamento de falta de fraternidade. Entre portugueses, existe também quem não siga princípios de solidariedade. É o caso de Passos Coelho & Cia., cujo objectivo supremo é perpetuar-se no poder. Custe o que custar aos cidadãos: desemprego, legislação laboral severa para os trabalhadores, falências, pobreza e até miséria.

Troika a obedecer! é a palavra de ordem, servilmente cumprida e excedida com pífio orgulho; o que, todavia, não impedirá futuro reajustamento (não gostam da palavra renegociação) e mais austeridade. Como é sabido.

Comments

  1. Jorge Anyouse says:

    Antigamente havia um termo para isto.
    Traição á Pátria e Traidores
    Hoje há bandeirinhas na lapela do casaco dos funcionários da comissão liquidatária que está a vender o país e a enganar o povo.
    Raios os partam!

  2. marai celeste ramos says:

    Passsos ———- perdidos

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.