Bota aí no vocabulário do AO: Inadimplência, inadimplemento e inadimplir

Um inadimplidoQuerem ver que FJV tem alguma razão! Precisamos, de facto, de alguns “ajustamentos pontuais” no Acordo Ortográfico e mesmo no Vocabulário, para ficarmos a par dos nossos companheiros brasileiros. Hoje, deparei na ‘Folha de São’ Paulo com o seguinte título:

Bancos se preparam para aumento da inadimplência

Assim, de chofre, interroguei-me: o que é isto? Inadimplência? Da leitura do texto da notícia, lá percebi que equivalia à nossa frase ‘Bancos preparam-se para aumento de incumprimentos’; isto é, lá como antes cá, a banca na louca corrida de se esvair em crédito concedido, colhe, em contrapartida, a explosão de casos de incumprimento de empresas e particulares – em 2011 as provisões para cobranças duvidosas de 23 bancos de grande e médio porte subiram muito, 42,2%.

Percebi. Todavia, nas buscas efectuadas nos dicionários de casa, entre os quais o ‘Dicionário da Língua Contemporânea Portuguesa’, da Academia das Ciências de Lisboa, não detectei o vocábulo ‘inadimplência’. Valeu-me o ‘Ciberdúvidas’ e também a ‘Wikicionário’. Este, porém, ressalva que ‘inadimplência’ não é um termo correcto. O ideal seria ‘inadimplemento’ como derivado do verbo ‘inadimplir’.

Por outro lado, o ‘Wikicionário’ diz que o sinónimo da ‘inadimplência’ ou ‘inadimplemento’, no vocabulário do Brasil (Direito) é ‘descumprimento’, ou seja, o nosso ‘incumprimento’. O melhor é mesmo descomprimir-me, porque me sinto deveras inadimplido.

Comments

  1. Maria de Fátima Bizarro says:

    Entao e eu? Fiquei inadimplidíssima.


  2. O senhor é que se tornou num autêntico inadimplicador, ao “descumprir” coma esperada explicação e explanação do tema: “Inadimplência…”.

  3. Carlos Fonseca says:

    Pelos vistos, estamos todos a ficar inadimplidíssimos. Temos de nos organizar.

  4. MAGRIÇO says:

    Ainda vou parar à instrução primária de novo. Ah! Perdão: ao 1º ciclo, que é muito mais chique…


  5. Essas coisas a que apelidas “dicionários” são fracos… Eu costumo ir a este “Pai dos Burros” e como podes ver está lá a palavra mistério! Isso de Ciberdúvidas e Wikitretras é fumo sem fogo… 😉


  6. ahahahah!! isso e os comentaristas! Vão-se habituando ao brasilês…


  7. 😆

  8. Pedro da Silva Coelho says:

    O termo inadimplemento está registado no português como termo jurídico, pelo menos, desde 1811, segundo esta fonte: «Nuno Daupiás D’Alcochete. Lettres (1812-1817) de Diogo Ratton a Antonio de Araujo de Azevedo. Comte da Barca. Fundação Calouste Gulbenkian. Centro Cultural Português. Paris, 1973.» Antecede a independência do Brasil e não é, de forma alguma, um brasileirismo.

  9. Carlos Fonseca says:

    Pedro da Silva Coelho, agradeço o esclarecimento. Todavia, sublinho que não consta de vários dicionários que consultei, entre os quais o da Academia das Ciências de Lisboa.
    Não é, de todo, palavra de uso corrente, no glossário jurídico português.
    Mas se existe, existe e, então, agora com mais propriedade o digo: estamos sob uma tempestade de inadimplemento.

  10. Nanda says:

    Eu prefiro os termos “cadeirante”, para quem anda numa cadeira de rodas…ou “detento”, para “prisioneiro”…estes “brasileirismos…não me passam na garganta!

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.