Pontal: a manutenção da silly season

Na política, não existe silly season, porque a silliness está no leito e nas margens desse rio de cabotinos que nos arrasta, enquanto finge que nos governa apenas para inventar novos problemas, a acrescentar àqueles que a vida, de qualquer modo, nos traria. O Pontal, a festa do PSD, é um dos momentos altos da estação tolinha, previsível como o refrão qualquer música pimba.

O PS, sempre tão engraçado, emite declarações sobre aquilo que espera do discurso de Passos Coelho no Pontal: emprego, crescimento, combate ao défice. Passos Coelho, inevitavelmente, abaritonará amanhãs cantantes com emprego, crescimento e combate ao défice, incluindo uma ou outra piada ou palavra ao gosto popular, sendo certo que os apaniguados estarão atrás dele a rir-se, porque as piadas do líder têm sempre graça e o volume da gargalhada é, muitas vezes, directamente proporcional ao lugar ocupado na hierarquia partidária. O PS, que, quase sem esforço, ajudou a criar desemprego e défice, mostrar-se-á desiludido com o discurso de Passos Coelho, explicando que as referências ao emprego, ao crescimento e ao défice pecam por insuficientes, o que será mentira, porque é verdade que o desemprego vai diminuir, graças ao aumento da precariedade, e o défice descerá, devido a uma qualquer habilidade de engenharia financeira.

Qualquer novidade que surja no discurso do primeiro-ministro será sempre acessória, face àquilo que é essencial: a pantominice e a mentira. Para terminar, e como aperitivo para logo, aconselho-vos a rever este vídeo, porque é sempre bom relembrar quem é Pedro Passos Coelho.

 

Comments

  1. maria celeste ramos says:

    Diz tantas e tão repetidamente que até lhe cai o cabelo – diz-se que, quando se mente, que se faz com todos os dentes – ainda os tem – será implantes ? – como é que nos calhou este miserável que ninguém desaloja ?? quanto gasta em guarda-costas ?? O que é que fez num ano em que desfez um país ?? O que terá em mente se é que tem mente – onde e quem desencantou este miserável ?? arrogante e inepto ??Não estou “segura” de haver pior


  2. Ou seja uma especie de Back to the Future, com desfecho mais que anunciado!

Trackbacks


  1. […] O chefe do governo escolheu o dia de hoje para fazer este anúncio, uma vez que é na Festa do Pontal que costuma fazer as previsões mais disparatadas. […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.