Um coligação risonha

Honório Novo confronta Paulo Portas com uma carta do CDS, armando-se em partido dos contribuintes. Passos Coelho ri-se. Esta coligação é uma anedota.

Comments

  1. edgar says:

    Ver o Paulo Portas, de cabeça baixa, a engolir os risos do Passos Coelho e do Miguel Relvas é imagem de humilhação de que dificilmente se livrará.
    Aqueles sorrisos parecem dizer:- estamos vingados!
    Tudo isto se passa depois do Vitor Gaspar ter tido o cuidado de acentuar que este novo pacote de austeridade era “UM ENORME AUMENTO DE IMPOSTOS”.
    Ou esta sequência de enxovalhos e de vinganças indica que o divórcio está próximo ou Paulo Portas e o CDS estão totalmente dominados. De qualquer modo o CDS está a desaparecer como partido, pelo menos como partido credível.


  2. arkel vai visitar Atenas e os sindicatos estão a prepaar-se para a receber – já não precisa de voltar aqui – somos bons alunos-agra RPT1 – os plitólogos + ?? Quando o povo não está presente, diz Soares republicano e laico, que quando o povo não está presente não há 5 de outubro – e quem tem medo do povo não tem direito de cumprir as missões que e vamos continuar – quem tem medo do povo são aqueles que serão destruídos – Cavaco não pode haver apenas a preocupação de corrigir erros do passado – e içou a bandeira de pernas para o ar – bom, bem ajudou o simbolo – o “escudo” do avesso – é natural pois que ele preferiu o euro mesmo que també ele nada tenha feiro para isso – anda sempre na babugem da “onda”

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.