Homens indignadinhos

A maioria que governa a autarquia de Coimbra, a que se juntaram autarcas de outras localidades – Mealhada e Pedrogão Grande – está muito abespinhada com a “insensibilidade social” de Assunção Cristas e as malfeitorias das Águas de Portugal. Querem aumentar as tarifas, imagine-se.

Os putativos candidatos autárquicos do PS botaram fala em conferência de imprensa, onde deram largas a não menor indignação. Até aqui, nada a dizer. Mas quando apelam a que a Assembleia da Republica se debruce sobre o problema, eu digo alto e para o baile! É que, ó distraídos concidadãos, a AR debruçou-se, há poucos dias, sobre o problema. E as vossas rapaziadas (PSD, PP e PS) opuseram-se a uma lei que impediria a privatização das águas. E nem uma voz ou um braço se levantou, nas vossas bancadas, que desse alguma credibilidade à vossa indignação de pechisbeque.

Tudo quanto ultrapasse as vossas continhas de amanuense de trazer por casa, é demais. Fazem este escarcéu por um aumento de tarifas da lavra de um dos vossos – das vossas, neste caso -, mas endireitar a coluna vertebral para impedir o retrocesso civilizacional que significaria entregar a água a um monopólio privado, isso nem pensar. Quem vos crê que vos compre, corja de aldrabões de meia tigela. Mas depois não se queixe, que já não há paciência.

Comments


  1. Trabalha-se para o tacho. E a água fervilha….

  2. Pisca says:

    Anda por aí muita gente que é da mesma opinião e da contrária, sempre


  3. Os autarcas – ou candidatos a isso – têm uma coerência muito elástica…

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.